SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Clubes de Serviços

Loja Maçônica Marquês de Pombal realiza “Paella do Miguel” beneficente

Loja Marquês de Pombal, uma referência na maçonaria

Loja Maçônica Marquês de Pombal realiza “Paella do Miguel” beneficente
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No dia 29 de junho, a Loja Maçônica Marquês de Pombal, localizada no Alto da Vila Maria, agora sob o malhete do nosso irmão Dario José Barreto, realizou uma paella beneficente, com a finalidade de angariar fundos para a compra de cadeiras de rodas para dar assistência aos necessitados.

Esta paella, que agradou as 120 pessoas que lotaram o salão de festas da própria loja, foi produzida pelo irmão Miguel Cardenes, que é um dos maiores especialistas neste tipo de culinária, atuando há mais de 50 anos nesta arte de cozinhar.

A noite contou com a presença dos irmãos da loja como também de convidados da região e da vereadora Adriana Ramalho, que distribuiu muita simpatia com sua presença.

Foram parabenizados todos os irmãos que participaram ativamente do jantar, em especial ao venerável da loja que teve a iniciativa de propor tal jantar, onde se pôde observar que o mesmo mostrou muita alegria e disposição em trabalhar no evento.

 

Fundada em 13 de agosto de 1953, onde foi eleita a primeira administração, adotando-se, por unanimidade, o nome “Marquês de Pombal”.

“Marquês de Pombal”, cujo nome é Sebastião José de Carvalho e Melo, é considerado o maior estadista português. Durante o reinado de d. José I, reformulou a economia, o ensino e toda a administração pública de seu país.

Em 1953 a colônia lusitana era predominante no bairro da Vila Maria. Esses homens respeitados, dignos e trabalhadores, puseram mãos à obra e alugaram uma casa na Rua Margarino Tores e montaram um Templo Maçônico.

O local alugado onde, inicialmente, eram realizadas as sessões, foi solicitado por seu proprietário. Mas, com a colaboração do brilhante irmão Fernando de Almeida Frias, as sessões passaram a ser realizadas em sua residência.

Os obreiros compraram, então, um terreno na Rua Horácio de Castilho e, com as próprias mãos, edificaram um Templo. Com o passar dos anos o número de obreiros foi crescendo e a antiga oficina tornou-se pequena. Resolveram, então, construir um Templo que fizesse jus à grandiosidade do bairro.

Mais uma vez os Irmãos da Loja “Marquês de Pombal” uniram suas forças e, com muita dedicação e trabalho, adquiriram um terreno localizado à Avenida Alberto Byington, nº 177, no bairro da Vila Maria, onde construíram seu Templo. Em 20 de agosto de 1966, foi realizada a Sessão de Sagração do Templo da Loja “Marquês de Pombal”, onde se encontra instalada até hoje.

O trabalho da Loja Maçônica tem influído na política e na administração pública do bairro, pleiteando e conseguindo progresso e melhorias.

Também tem dado assistência a entidades carentes, e a membros da comunidade através da hospitalaria. Foram inúmeras realizações, principalmente aquelas pessoais, que somente cada um dos maçons, no íntimo de seus corações e no silêncio de suas mentes, podem imaginar.

A filosofia maçônica transforma, vivida e praticada, retira o profano da obscuridade para torná-lo um ser diferente. Todos os maçons, indistintamente, trabalharam e continuam trabalhando para elevar os altos desígnios da maçonaria, especialmente para a grandeza da Loja Marquês de Pombal.

 

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!