SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Geral

Presidente do Sescon-SP participa de debate sobre a essencialidade da contabilidade

Somos Essenciais” foi o tema do debate que abordou a importância dos serviços contábeis para enfrentar a crise

Presidente do Sescon-SP participa de debate sobre a essencialidade da contabilidade
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Somos Essenciais” foi o tema do debate que abordou a importância dos serviços contábeis para enfrentar a crise e retomar o crescimento econômico dos negócios, realizado em comemoração ao dia do profissional de contabilidade, no último dia 25. O presidente do Sescon-SP Reynaldo Lima Jr. participou do debate junto com o presidente da Trevisan Escola de Negócios Antoninho Marmo Trevisan, o presidente do CRC/SP, José Donizete Valentina e o perito contador e membro do Conselho Deliberativo da Apejesp, Silvio Simonaggio. A conselheira do CRC/SP Angela Zechinelli Alonso fez a mediação da live.

De acordo com o presidente Lima, a profissão vem evoluindo. "Estamos buscando o nosso protagonismo. Sempre fomos muito discretos, mas no fundo fazemos um papel importantíssimo para a sociedade, de tradução da legislação e o apoio técnico que a gente dá para todo o sistema de governo. Sem o profissional da contabilidade, a sociedade não funciona. São necessários em todas as esferas, seja do governo, seja multinacional e nas microempresas", avalia o presidente, lembrando ainda que desde o ano passado começaram os debates de reforma tributária e o Sescon-SP tem participado diretamente dele com estudos técnicos.

Lima afirmou ainda que em meio à crise provocada pela pandemia do coronavírus, deve-se mostrar a importância dos profissionais da contabilidade para os negócios. "Atividades essenciais estão precisando de consultas sobre todas essas mudanças de legislação com todas essas 27 medidas provisórias que estão sendo publicadas. Somos essenciais para a saúde das empresas. A sociedade estaria parada. Cuidamos de folha de pagamento, aplicação de tributos, entre outros pontos fundamentais. Ao governo também interessa que a categoria continue trabalhando", disse.

O presidente do CRC/SP Donizete lembrou das idas e vindas nos decretos do governador João Dória. "Até hoje ele não reconheceu a essencialidade da atividade. Protocolamos hoje no Governo do Estado um novo pedido. Somos 150 mil profissionais de contabilidade em SP que atendemos 8.889 hospitais privados, 11 mil clínicas e 18 mil farmácias, 6 mil supermercados, 14 mil padarias, 18 mil oficinas mecânicas, entre outros setores", disse.

Donizete informou ainda que profissionais da contabilidade criaram uma mobilização virtual nos últimos dias para demonstrar a importância da profissão para os negócios. Com a frase “a saúde dos negócios é com o contador”, a campanha viralizou por meio de vídeos e imagens divulgados nas redes sociais e grupos de WhatsApp.

Um pouco de história

Trevisan enriqueceu o debate trazendo personagens históricos ligados à contabilidade. "É uma profissão da razão, uma profissão que pensa e bastante antiga. Luca Pacioli é considerado o pai da contabilidade moderna e em 1509, escreveu uma obra com a ilustração do homem Vitruviano, de Leonardo da Vinci que tratava das ideias de proporção e simetria aplicadas à concepção da beleza humana. Vale lembrar também do poeta português Fernando Pessoa, era apaixonado por contabilidade. Na época, Pessoa disse que contabilidade traz o poeta à realidade e não permite que o poeta fique apenas em uma dimensão transcendental que de exarcebada pratica pode conduzir à alienação e à loucura".

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!