SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Colunistas

O valor do exemplo

Colunista Paulo Eduardo de Barros Fonseca

O valor do exemplo
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Quando os homens entenderem e praticarem o sentido das palavras amor e caridade, o planeta terá dado um enorme passo no seu processo de evolução e todos se reconhecerão como irmãos.
Com absoluta simplicidade, mas com muita força, Jesus falou, pregou, contou parábolas e transmitiu-nos a maneira do bem viver, trazendo-nos exemplos de fé, humildade e perdão, dando vida à letra morta da lei, revolucionando a religião e a moral no mundo.
Mas, Jesus não se limitou a simplesmente falar. Sua ação, pelo exemplo, foi fundamental para o seu ministério, de modo que sua mensagem não era e não é vazia, porque praticou o que pregou. 
Não sem motivo Ele asseverou que a lei e os profetas estão contidos nos mandamentos “amarás o Senhor teu Deus de todo o coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento” e “amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mateus 22,34-41 e Marcos 12, 28-34).
Ora, aquele que coloca em prática tais mandamentos e vive dentro dos princípios exemplificados pelo Mestre, semeia o bom exemplo, a compaixão, o perdão e o amor ao próximo.
Por isso, não devemos esperar que as pessoas simplesmente ouçam nossos conselhos e ignorem os exemplos que damos. O discurso pode ser eloquente e bonito, mas se não houver a prática ele não terá valor. Não se pode dizer faça o que eu falo e não faça o que eu faço.
É pelo exemplo que ajudamos na formação e transformação daqueles que estão mais próximos de nós. Com os bons exemplos disseminamos os verdadeiros valores e corrigimos ou reparamos as nossas fraquezas, bem como os vícios e deficiências daqueles que pretendemos transformar em pessoas que fazem bom uso das faculdades intelectuais e morais. 
Pelo exemplo mostramos nossa fé e resignação para suportar os males da vida, a persistência para tentar superar as dificuldades do cotidiano, a humildade em meio às conquistas materiais e nossas obras. 
É pelo exemplo que se evidencia a moral cristã.
Enfim, o exemplo é capaz de transformar vidas e de fazer compreender o espírito da fé que deve manter nossas existências. Parafraseando Tiago apóstolo: “Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.” (2:18).
Mas, para nos mantermos firmes e seguros não devemos nos esquecer que Jesus é o exemplo a seguir seguido.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!