SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Novembro Azul

Campanhas conscientizam para a prevenção do câncer de próstata

 

Homens e mulheres lidam com diferentes situações e preocupações, mas quando o assunto é saúde, cuidado e atenção devem ser redobrados.

Por isso, duas campanhas estão ocupando espaços no nosso dia a dia: Outubro Rosa e Novembro Azul. As campanhas conscientizam para a prevenção do câncer de mama e de próstata, duas doenças que mais matam no Brasil e no mundo.

O Outubro Rosa mobilizou milhares de pessoas no mundo e diversas ações aconteceram, entre elas palestras, workshops, exames preventivos de mamografia e distribuição de cartilhas com orientações de saúde para as mulheres.

Agora é a vez do sexo masculino. O Novembro Azul é uma campanha de alta relevância no combate ao câncer de próstata e conscientização da importância de exames regulares e diagnóstico precoce.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA) o câncer de próstata é o segundo que mais atinge homens no Brasil, atrás apenas do melanoma, com estimativa de 68.000 novos casos em 2018.

Por isso a importância da data, é preciso conscientizar a população sobre a prevenção e o diagnóstico precoce.

Para tanto, é preciso consultar um urologista frequentemente, além de realizar exames anuais a partir dos 40 anos de idade. A realização de exames nessa faixa etária está relacionada à diminuição de cerca de 21% na mortalidade pela doença. Os exames mais comuns são: sangue do PSA e o de toque retal. Porém, apesar de simples o exame de toque retal ainda gera muito preconceito entre os homens. Atualmente, um terço dos pacientes se recusa a fazer o exame de toque por conta do preconceito. Por isso, a campanha Novembro Azul  é  muito importante. Quanto mais cedo o câncer de próstata for descoberto, maiores serão as chances de cura da doença.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Novembro Azul

 

Homens e mulheres lidam com diferentes situações e preocupações, mas quando o assunto é saúde, cuidado e atenção devem ser redobrados.

Por isso, duas campanhas estão ocupando espaços no nosso dia a dia: Outubro Rosa e Novembro Azul. As campanhas conscientizam para a prevenção do câncer de mama e de próstata, duas doenças que mais matam no Brasil e no mundo.

O Outubro Rosa mobilizou milhares de pessoas no mundo e diversas ações aconteceram, entre elas palestras, workshops, exames preventivos de mamografia e distribuição de cartilhas com orientações de saúde para as mulheres.

Agora é a vez do sexo masculino. O Novembro Azul é uma campanha de alta relevância no combate ao câncer de próstata e conscientização da importância de exames regulares e diagnóstico precoce.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA) o câncer de próstata é o segundo que mais atinge homens no Brasil, atrás apenas do melanoma, com estimativa de 68.000 novos casos em 2018.

Por isso a importância da data, é preciso conscientizar a população sobre a prevenção e o diagnóstico precoce.

Para tanto, é preciso consultar um urologista frequentemente, além de realizar exames anuais a partir dos 40 anos de idade. A realização de exames nessa faixa etária está relacionada à diminuição de cerca de 21% na mortalidade pela doença. Os exames mais comuns são: sangue do PSA e o de toque retal. Porém, apesar de simples o exame de toque retal ainda gera muito preconceito entre os homens. Atualmente, um terço dos pacientes se recusa a fazer o exame de toque por conta do preconceito. Por isso, a campanha Novembro Azul  é  muito importante. Quanto mais cedo o câncer de próstata for descoberto, maiores serão as chances de cura da doença.

Publicidade