Quinta, 16 de agosto de 2018

Notícia

Jardim São Paulo completa 80 anos de existência no dia 17 de julho

JSZN JSZN

O Jardim São Paulo é um bairro nobre localizado na Zona Norte de São Paulo, no distrito de Santana. É um bairro relativamente jovem, fundado em 1938, no dia 17 de julho. O bairro está localizado a 750 metros de altitude. Era um lugar de pequenas chácaras de italianos, que cultivavam hortas e portugueses, que cultivavam flores. Em função da proximidade com os quarteis e do Campo de Marte o Jardim São Paulo foi um bairro que muitos oficiais escolheram para morar. Atualmente é um dos bairros mais valorizados da Zona Norte da cidade, com grandes conjuntos empresariais, muitos equipamentos de lazer e uma agitada vida noturna em torno de sua principal via, a Avenida Luiz Dumont Villares.

História

Como a maioria dos bairros da Zona Norte, surgiu de uma fazenda, propriedade de padres. A área foi desmembrada diversas vezes. No começo do século 20 suas imediações eram tomadas de pequenas chácaras de imigrantes lusos que trabalhavam com o cultivo de flores e de italianos especializados em hortas, estes vendiam ao Mercado Municipal da cidade. Considerado um bairro nobre da Zona Norte, o Jardim São Paulo era parte de uma fazenda que foi passando de mão em mão. Fez parte da grande propriedade dos padres e até as primeiras décadas do século 20, a área foi desmembrada inúmeras vezes. Como toda a região de Santana, as imediações do jardim eram tomadas por pequenas chácaras de portugueses, que trabalhavam em campos de flores, e de italianos que cultivavam grandes hortas, que vendiam sua produção no Mercado Central da cidade. Era um lugar alto, muito alto para os padrões paulistanos acostumados às enchentes: 750 metros acima do nível do mar e o  fato é que as terras foram para as mãos do Banco Novo Mundo, de propriedade do espanhol Domingos Fernandes Alonso. A partir de 1940, a Predial Novo Mundo, braço imobiliário do banco, tratou de lotear a área. Devido à proximidade com os quarteis da polícia, acabou sendo um bairro de integrantes da Força Pública, atual Polícia Militar.

Segundo antigos moradores, a iluminação era precária e faltava muita água. A atração principal era o Mirante, de onde se podia ver toda a cidade. As ruas não tinham calçamento, os carros não conseguiam passar. O único calçamento existia onde hoje é a Avenida Leôncio Magalhães, então chamada Rua Jardim São Paulo. A rua tinha calçamento de paralelepípedo e o acostamento era de terra. Ainda segundo os moradores, havia muita dificuldade de transporte, somente por volta de 1955 é que criou-se um ponto final de ônibus no Jardim São Paulo. O comércio era bem familiar e com o tempo o bairro foi crescendo. No começo dos anos 1970 a região norte recebeu uma administração regional e foi a partir deste momento que o bairro começou a se desenvolver. O loteamento inicial foi pertencente ao espanhol Domingos Fernandes Alonso, que fundou o bairro. Hoje o Jardim São Paulo é considerado um bairro de classe média alta. Em 1998, com a chegada do metrô, a região foi mais valorizada com meios de transporte e valorização da economia.

O Mirante

É o ponto histórico do bairro, situado há mais de mil metros acima do nível do mar. Do Mirante se descortina uma visão panorâmica da cidade, de onde vê-se o Rio Tietê e o Campo de Marte. O Mirante é uma das 400 estações meteorológicas brasileiras de superfície e a primeira de reconhecimento nacional. Em 1932 foi ponto estratégico para os paulistas que metralhavam os famosos inimigos “vermelhinhos”. No século 17 era ponto estratégico para observar a Serra do Mar. No passado, o Mirante era ponto obrigatório dos passeios dos santanenses e era cenário para piqueniques e encontros de namorados. Com aproximadamente 792 metros de altitude e 700 metros quadrados de área útil, o Mirante é um dos pontos mais nobres de Santana e da Zona Norte, onde existem grandes mansões. Em ato de 23 de maio de 1944 o prefeito Francisco Prestes Maia cedeu em comodato ao Instituto Regional de Meteorologia as dependências do Mirante para uso exclusivo para a instalação e funcionamento do Instituto Meteorológico.

A Associação Amigos do Mirante

do Jardim São Paulo

A Associação foi criada em 1999 pelo propósito espontâneo de coletividade e comprometimento, e com o espírito de amor ao próximo. Inicialmente desenvolvendo atividades em prol do meio ambiente através do plantio de árvores nas calçadas do bairro e contando sempre com o apoio dos moradores que cediam suas residências para a realização de reuniões que, no início, aconteciam a céu aberto, na praça do Mirante. Atualmente as reuniões identificam as reivindicações dos moradores do bairro e as necessidades da região, e a senhora Alba Medardoni, presidente da Associação, tornou-se a porta voz do bairro, conduzindo as reivindicações às autoridades competentes.

Metrô

A Estação Jardim São Paulo é uma das estações da Linha 1 do Metrô de São Paulo. Foi inaugurada pelo governador Mário Covas no dia 29 de abril de 1998, juntamente com as estações Tucuruvi e Parada Inglesa, dentro do projeto de expansão norte da Linha 1, iniciado em 1996. Localiza-se na Avenida Leôncio de Magalhães, 1.000, no bairro Jardim São Paulo, no distrito de Santana, Zona Norte, junto ao Parque Domingos Luís.

Trata-se de uma estação enterrada com estrutura em concreto aparente e plataforma central localizada abaixo do mezanino de distribuição. Possui também aberturas para iluminação natural no ambiente da plataforma e um projeto paisagístico diferenciado, com a presença de jardins no nível do saguão onde se localizam as bilheterias e os bloqueios. O projeto desta estação conferiu à arquiteta Meire Gonçalves Selli, o prêmio da II Bienal Iberoamericana de Arquitectura e Ingenieria Civil de Madrid, no ano de 2000. Tem 7.355m² de área construída. Possui duas saídas, ambas localizadas dentro do Parque Domingos Luís e que possibilitam o acesso para portadores de deficiência.

Atualidade

O Jardim São Paulo é um bairro nobre, pois sua área é ocupada principalmente pela classe média-alta. Classificado pelo Creci como “Zona de Valor B” (Abril/2009), assim como outras áreas nobres da capital como Brooklin, Jardim Paulistano, Jardim São Bento e Alto de Santana. Possui uma população bairrista representada pela Associação Amigos do Mirante do Jardim São Paulo. Em seu território possui expressivo comércio, lazer e entretenimento em meio a praças e ruas arborizadas.

Alguns moradores lutaram pelo projeto da mudança de nome da estação do Metrô do bairro, com o intuito de homenagear Ayrton Senna, com o nome da estação sendo alterado para Jardim São Paulo - Ayrton Senna. O piloto tricampeão de Formula 1 nascido em Santana, morou dos 4 aos 12 anos de idade, na rua Condessa Siciliano, ao lado do Mirante de Santana. Na Avenida Leôncio de Magalhães encontra-se a Estação Jardim São Paulo - Ayrton Senna do metrô (Linha 1-Azul) e a escola que leva o nome do bairro, o Colégio Jardim São Paulo. Destaca-se a Avenida Luiz Dumont Villares (conhecida como “Avenida nova”) por suas casas noturnas, bares e restaurantes. Nesta mesma avenida encontra-se o Sesc Santana.

Lazer

Abriga diversos equipamentos de lazer como o Clube Escola Jardim São Paulo e Parque Domingos Luís com 8.000m² de área verde. Possui dois teatros, o Teatro Jardim São Paulo, ligado ao colégio de mesmo nome e o do centro cultural Sesc Santana. Localizado na Praça Vaz Guaçu, perto da estação Jardim São Paulo, o Mirante de Santana é a principal estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no município, está 792 metros de altitude e com isso é possivel ter um preciso monitoramento do tempo e uma bela vista da cidade.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Dia dos Pais é domingo - 12 de agosto
13 Ago

Dia dos Pais é domingo - 12 de agosto

Dia dos Pais: Por que comemorar?

Dia do Advogado - 11 de agosto
13 Ago

Dia do Advogado - 11 de agosto

A importância do operador do Direito para a sociedade.

Prefeitura Regional VM/VG começa a instalar avisos contra lixo irregular
13 Ago

Prefeitura Regional VM/VG começa a instalar avisos contra lixo irregular

Pontos viciados de descarte irregular de lixo e entulho que forem revitalizados na região Vila Maria/Vila Guilherme

Grupo de Shantala para bebês da UBS Vila Penteado
13 Ago

Grupo de Shantala para bebês da UBS Vila Penteado

Afim de incentivar o fortalecimento de vínculo entre mamãe e bebê, a UBS Vila Penteado

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Parceiro
City Patentes
Parceiro
Semanário da Zona Norte
Parceiro
C2J Engenharia