SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Datas

Semanário da Zona Norte recebe visita novo subprefeito de Santana/Tucuruvi

Na manhã de terça-feira, 14 de dezembro, o novo subprefeito de Santana/Tucuruvi, pastor Marcos Arruda, esteve na sede do jornal, em visita informal

Semanário da Zona Norte recebe visita novo subprefeito de Santana/Tucuruvi
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O pastor da Igreja Assembleia de Deus Ministério Belém,  Marcos Arruda, tem um grande desafio pela frente. Osasquense e ex-vereador e secretário Municipal em Osasco, Arruda foi indicado pela vereadora Ely Teruel (Podemos) e convidado pelo prefeito Ricardo Nunes para ser o novo subprefeito de Santana/Tucuruvi.
Para falar sobre sua gestão e as ações que estão sendo implantadas na Subprefeitura  de Santana/Tucuruvi, Marcos Arruda esteve na na manhã de terça-feira, dia 14 de  dezembro, na sede do jornal Semanário da Zona Norte, e foi recebido pelo diretor, João Carlos Dias.
Na ocasião, eles abordaram também outros assuntos como as principais reivindicações da população, a i
ortância da coleta de lixo reciclável, os planos de investimentos para 2022 na Subprefeitura de Santana/Tucuruvi/Mandaqui, a atual crise na saúde pública mundial, que é a pandemia do coronavírus, e a relevante função do jornal Semanário da Zona Norte para a população e para autoridades da região. 
Confira na íntegra a entrevista do  novo subprefeito de Santana/Tucuruvi.
JSZN: Conte-nos um pouco sobre a sua vida, formação, até a sua chegada à Subprefeitura de Santana/Tucuruvi/Mandaqui?
Subprefeito Arruda:  Fui garoto do SENAI, fiz Mecânica e depois ferramentaria. Estudei bastante, era a minha única chance de melhorar de vida. Estudei desenho mecânico, Projetos de Máquinas, realizei uma centena de cursos profissionalizantes. Conclui o curso técnico em mecânica e depois Engenharia de Produção. Sempre fui um Jovem de Igreja, tínhamos um trabalho social muito forte, neste momento surgiu o desejo de ir para o serviço público para ampliar o que já fazíamos. Ganhei a eleição para vereador em Osasco e fui vice-presidente da Câmara. Já na Câmara fui estudar mais um pouco para melhor tratar da coisa pública. Estudei Direito, Gerenciamento de Cidades, Gestão Financeira, Matemática Aplicada, didática do Ensino Superior e Teologia. Após o mandato ocupei alguns cargos no executivo: Secretário do desenvolvimento econômico, secretário do trabalho e secretário de Finanças, Renda e Contabilidade. Há mais de 25 anos fazendo política. Neste ano (2021) tive o privilégio de ser convidado pelo prefeito Ricardo Nunes para ser Subprefeito de Santana/Tucuruvi.
JSZN: Como o Sr. vê os problemas na cidade de São Paulo?
Subprefeito Arruda:  A cidade de São Paulo é uma das maiores cidades do mundo. Como toda cidade grande, tem muitas demandas a serem solucionadas. Problemas como mobilidade urbana, saneamento básico, saúde, educação, sustentabilidade, equidade, justiça social e cultura da paz, são temas que estão na pauta constantemente. Na gestão pública os problemas são enfrentados de frente e junto com a população são construídas as soluções.
JSZN: Quais as prioridades que estão sendo executadas nos trabalhos de zeladoria da Subprefeitura atualmente, e como o cidadão pode solicitar tais serviços? Quais projetos de zeladoria e obras a Subprefeitura pretende realizar a partir do ano que vem?
Subprefeito Arruda:  O trabalho das subprefeituras é fazer com que a cidade fique bem cuidada. Tapa buracos, poda de árvore ou remoção, varrição, cuidado com as praças e próprio municipal, reconstrução de guias, sarjetas e passeios, corte de mato e desentupimento de bueiros. Fazer com que a cidade seja um lugar agradável para se viver com nossa família. O cidadão pode fazer suas demandas pelo 156.
JSZN: O descarte irregular de lixo é outro grave problema em toda cidade. Como a Subprefeitura vem enfrentando essa prática?
Subprefeito Arruda:  Hoje temos alguns ecopontos, Zona Norte tem 10 ecopontos e aqui na Subprefeitura de Santana/Tucuruvi temos 2. A cidade é nossa, da população, todos somos responsáveis pela qualidade de vida que queremos e desejamos. Temos que ter consciência de que o lixo é responsabilidade nossa.
JSZN: A Subprefeitura possui alguma ação para diminuir o número de moradores em situação de rua na região, especialmente na Av. Cruzeiro do Sul?
Subprefeito Arruda:  A Subprefeitura juntamente com os demais órgãos do Governo estão sempre atentos aos problemas sociais da nossa cidade de São Paulo. Superar a condição de pobreza, assegurar acesso equitativo aos serviços públicos, à educação, à saúde, às oportunidades de emprego, à formação profissional, às atividades culturais e esportivas, são metas do nosso prefeito Ricardo Nunes.
JSZN: Na sua opinião o que há de diferente na região de Santana/Tucuruvi em relação aos demais bairros?
Subprefeito Arruda:  A cidade de São Paulo é e sempre foi uma cidade acolhedora. Foi construída por imigrantes europeus e muita gente de toda parte do Brasil e do mundo. Nossa principal característica é a hospitalidade para com todos que aqui chegam e querem o bem de nossa gente.
JSZN: Quais são os planos de investimentos para 2022 na Subprefeitura de Santana/Tucuruvi/Mandaqui?
Subprefeito Arruda:  Nossa região é um importante centro comercial e empresarial da nossa cidade de São Paulo. O prefeito Ricardo Nunes quer cada vez mais atrair empresas de tecnologia para nossa área. Infraestrutura, tributos adequados, são formas de incentivar e atrair empresários para nossa cidade.
JSZN: Qual a importância da parceria com os empresários da região e os órgãos públicos?
Subprefeito Arruda:  Empresários são os empreendedores que aplicam seus recursos para gerar emprego e renda para nossa população. Empresários e poder público devem andar de mãos dadas para que nossa economia seja cada fez mais forte.
JSZN: Os chamados “pancadões” são um tormento para todos os moradores da cidade, e ainda mais neste período de pandemia. Quais ações são realizadas pela Subprefeitura no combate a essa prática?
Subprefeito Arruda: Promover ações e políticas públicas de cultura, lazer e esporte, para que nossa juventude tenha oportunidades de se divertir. Garantir acesso aos espaços públicos culturais existentes, promovendo múltiplos usos junto à população.
JSZN: Quais são as perspectivas para sua gestão?
Subprefeito Arruda: Sou otimista por natureza, acredito que com trabalho, dedicação e participação de todos, construiremos a cidade que queremos para morar com nossa família.
JSZN: Como o Sr. vê a pandemia de coronavírus? O que mudou nas subprefeituras?
Subprefeito Arruda: Se fosse há cem anos teria morrido 100 milhões de brasileiros. Graças ao conhecimento humano e o desenvolvimento de tecnologias, estamos superando essa pandemia. Algumas lições teríamos que ter aprendido: somos frágeis, um vírus invisível é letal, precisamos ser mais solidários. Gente invisível foram os responsáveis pela nossa sobrevivência, cientistas, médicos, enfermeiros, motorista de ambulância, coletores de lixo, faxineiros, motoboys e tantos outros minimizaram nosso sofrimento. Nas subprefeituras estamos mais humanizados.
JSZN: Qual recomendação o Sr. deixa para os munícipes?
Subprefeito Arruda: A cidade de São Paulo não tem um dono. Ela é de todos nós que nascemos ou escolhemos viver aqui. Que possamos cuidar de nosso espaço assim como um jardineiro cuida de um jardim, até porque, um jardim, foi a ideia inicial da criação. Somos todos jardineiros nesta grande metrópole.
JSZN: Qual a importância de um veículo de comunicação voltado para o bairro, como é o Semanário, divulgar as ações da Subprefeitura?
Subprefeito Arruda: A comunicação é de suma importância para estabelecer a integração e a interação nos relacionamentos. A comunicação se reinventa nos seus vários dialetos e de forma universal, conseguindo atingir as pessoas e organizações, transformando pensamentos, ações e principalmente o conhecimento.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!