SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Geral

Semanário da Zona Norte recebe visita do novo inspetor superintendente chefe da GCM e do novo comandante do 5º Batalhão da PM.

O novo inspetorr chefe da GCM e o novo comandante do  5º BPM/M visitaram a sede do jornal Semanário da Zona Norte

Semanário da Zona Norte recebe visita do novo  inspetor superintendente chefe da GCM e do novo comandante do 5º Batalhão da PM.
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O novo  inspetor  superintendente chefe da GCM Jorge Roberto Paschoal e o novo comandante do  5º BPM/M, tenente- coronel PM Leandro Bernardo visitaram a sede do jornal Semanário da Zona Norte, na quarta-feira, dia 8 de setembro, e foi recebido pelo diretor João Carlos Dias.
Na oportunidade, ambos falaram sobre suas trajetórias profissionais, os desafios em comandar a chefia da Guarda Civil e Metropolitana e  do 5º BPM/M, as relevantes ocorrências ao longo da carreira, a atuação da GCM e da PM no combate à pandemia de coronavírus em São Paulo e a importância das mídias regionais, em especial o jornal Semanário  da Zona Norte. 
A ocasião, também contou com a presença de convidados e autoridades.
Para o  secretário executivo da Polícia MIlitar,  coronel  PM Álvaro Batista Camilo Camilo “A Zona Norte continua com bons comandantes e o comandante do  5º BPM/M, tenente  coronel PM Leandro Bernardo trabalhou comigo na época em que assumir o Comando Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Ele é uma excelente pessoa e um  profissional de primeira linha. Tenho certeza que o tenente coronel irá fazer acontecer também aqui na Zona Norte e trazer segurança para toda a região. Acredito que junto com o coronel PM Assis, ele dará continuidade ao trabalho que a PM faz aqui.
Já o coronel PM Paulo Sérgio Pontirolli Araújo irá agregar muito valor para o policiamento da região. Aliás, a Polícia Militar do estado de São Paulo possui excelentes profissionais e ótimos comandantes. Com certeza, eles trazem mais segurança e qualidade de vida para nossa população”.
O secretário também destacou  a importância do evento em apresentar novas lideranças para a sociedade.  “É fantástico os eventos promovidos  pelo João Carlos porque temos poucas iniciativas que reconhecem  o trabalho dessas instituições. Infelizmente, as pessoas veem o lado da ocorrência e esquecem do papel das entidades. E a Polícia Militar recebe 120 mil ocorrências  por dia. O João faz ao contrário, ele traz para a mídia as boas ações. Essa iniciativa é fantástica, e sempre que posso veio prestigiar o evento do Semanário da Zona Norte”.
Presente no evento, o comandante do CPA/M-3,  coronel PM André Marcelo Baptista Assis, deu boas vindas aos homenageados e também ressaltou a importância dos eventos promovidos pelo jornal.
“Primeiramente é um prazer estar presente no Semanário da Zona Norte. É uma satisfação plena para a gente. O tenente coronel PM Leandro Bernardo conhecemos de outrora. É um profissional singular e diferenciado. Tenho certeza que ele ira realizar muitas ações positivas na Zona Norte.
E o coronel PM Paulo Sérgio Pontirolli Araújo também é um oficial altamente qualificado, e vai ajudar muito a gente  no Estado Maior do CPA/M-3 e nas ações que implantamos e pretendemos implantar em prol da comunidade. 
Me reservo a dizer que o trabalho do João Carlos Dias é de saliência singular.  Essa integração das forças é fundamental para garantir a segurança publica da população”.

 

Confira com exclusividade as entrevistas com o inspetor  superintendente chefe da GCM Jorge Roberto Paschoal e do comandante do 5º Batalhão da PM.
Novo  inspetor  superintendente chefe da GCM Jorge Roberto Paschoal
JSZN: Qual sua formação e como foi seu início  e trajetória na Guarda Civil Metropolitana de São Paulo ?
Inspetor Paschoal: Atualmente sou formado em administração de empresas,  com pós -graduação em Políticas Públicas e Segurança Pública. Minha carreira esta pautada em concursos internos de evolução entre integrantes, passando por inúmeros cargos e funções do quadro da Guarda Civil Metropolitana.
JSZN:  Quais foram os principais desafios até chegar à GCM?
Inspetor Paschoal:  Os desafios anteriores à  Guarda Civil Metropolitana,  foram 6 anos e 8 meses de iniciativa privada, e participar do quadro da Força Aérea Brasileira no período de 1985 até 1987, quando entrei na Guarda Civil Metropolitana
JSZN: O Sr possui 33 anos de carreira. O que mudou ao longo desse período na GCM?
Inspetor Paschoal: Neste dia 10 de Setembro,  completo 34 anos, e a nossa instituição Guarda Civil Metropolitana, pulsa em defesa da cidade 24 hs por dia; 7 dias da semana; 365 dias anuais e vem crescendo e se desenvolvendo conforme as ações políticas que atuam em nossa metrópole, a cada período e Gestão de acordo com o chefe do executivo eleito. A instituição avançou em alguns pontos, porém ainda falta muito, a exemplo de que  seja qual for o equipamento,  não substitui o agente,  que é quem executa todas as ações de interesse social em nossa cidade.
JSZN: Neste tempo de guarda civil, houve alguma ocorrência que marcou sua carreira?
Inspetor Paschoal:   Inúmeras ocorrências nesses 34 anos ocorreram,  sendo todas muito importantes, pois acaba forjando no profissional todas as características de sensibilidade na condução de cada situação, sendo pilar de sustentação para o dia a dia, no novos desafios. Mas duas Ocorrências em especial, uma na Av. Deputado  Cantinho Sampaio, sendo briga entre gangues,  onde um jovem foi arrastado no asfalto por 400 metros  e tive essa ocorrência conduzida no 13⁰ D P. E  outra ocorrência,  um incêndio no shopping da Rua Oriente, no Brás, onde foram retiradas inúmeras pessoas do interior das lojas, socorrendo um brigadista, vindo consequentemente toda a estrutura a desabar. Porém,  todas essas ocorrências  reconhecidas em publicidade na imprensa e Diário Oficial.
JSZN: Quais mudanças estão sendo feitas para melhorar o atendimento à população?
Inspetor Paschoal: Atualmente a GCM tem trabalhado com tecnologia e desenvolvimento, incorporado ao método de Cidade Inteligente, automatização ligada com segurança das cidades a exemplo " Drones ", City Camaras, Controle integrado de informações, centro de Inteligência e articulação e inovação de estudos entre gestores municipais e verticalização.
JSZN:  Qual mensagem o Sr deixa para os jovens que queiram ingressar na carreira?
Inspetor Paschoal: Aos interessados em fazer parte de nosso trabalho, deve de estar preparado para a realidade,  esse trabalho requer dedicação e empenho, e ninguém vai ficar rico, mas terá respeito, garantia e estabilidade,  e carreira, porém a política muda e os interesses sociais também,  podendo futuramente,  ser a diferença da polícia atual, passando a ser a polícia do futuro, eu tenho certeza que fiz a opção certa, e indico com certeza a todos os jovens das futuras gerações.
JSZN:  Como foi sua experiência como candidato a vereador por São Paulo?
Inspetor Paschoal:  Concorri em determinados períodos eleitorais, e se todos fortalecerem um candidato, teremos voz, onde as ações e decisões acontecem,  ou seja, na Câmara Municipal.
JSZN: Como o Sr.  vê os problemas na cidade de São Paulo?
Inspetor Paschoal: Nossa cidade tem inúmeros problemas e todos eles tem solução,  contudo, cada momento é único, e o principal acredito e a geração de emprego e renda, hoje temos celeiros de jovens com ideais, boa formação,  e sem oportunidades, falam muito de solidariedade, mais tudo se acaba,  e aqueles que podem doar um pouco hoje pode ser o que vai precisar de apoio amanhã se não revertermos esse quadro.
JSZN: Qual a importância da parceria público-privada?
Inspetor Paschoal: A parceria publico- privada, depende de interesses, interesses esses desenvolvidos por objetivos de grupos, não vejo ninguém executar uma parceria que não faça  parte do " ganha " x " ganha ", mais quando ele for direcionado para emprego e renda todos ganham, Governo, Empresas, Comercio, Ong's e Sociedade.
JSZN: Como o sr analisa o trabalho das mídias regionais, em especial o jornal Semanário  da Zona Norte?
Inspetor Paschoal: As mídias são de fundamental importância,  a informação transforma uma sociedade, e a relevância do desenvolvimento do trabalho realizado pelo Semanário da Zona Norte, faz com que os eleitores sejam integrados a cada dia e a cada momento a fazer parte das futuras transformações em nossa sociedade,  gerando um futuro próspero e melhor.
Novo comandante do 5º BPM/M tenente- coronel PM Leandro Bernardo
JSZN: Fale um pouco sobre sua trajetória profissional e também sua formação.
Ten.cel. PM Bernardo: Ingressei na Polícia Militar em janeiro de 1991, na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, onde cursei o então Curso Preparatório de Formação de Oficiais (CPFO), equivalente ao atual ensino médio e o Curso de Formação de Oficiais (CFO), atual bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública. 
Após a formatura, na condição de aspirante a oficial PM, fui classificado no 12º BPM/M, onde permaneci por cinco anos, até o posto de 1º tenente PM, e exerci o comandamento operacional nas ruas, função de tenente, junto aos bairros de Moema, Campo Belo, Aeroporto de Congonhas e adjacências.
Fui, então, indicado para trabalhar no Estado-Maior da Polícia Militar (EM/PM), órgão de assessoramento direto do Comando Geral, permanecendo por cerca de cinco anos na 1ª Seção, que é responsável no EM/PM pelos assuntos ligados à legislação e pessoal.
No ano de 2007 fui convidado a trabalhar na Casa Militar do Gabinete do Governador, no Palácio dos Bandeirantes, onde permaneci por cerca de seis anos exercendo a função de ajudante de ordens do vice- governador e, posteriormente, governador do Estado, com grande aprendizado em razão da condição de responsável direto pela segurança e planejamento logístico de todos os compromissos do Chefe do Executivo paulista, retornando ao EM/PM no ano de 2013, desta vez para chefiar a Secretaria das Comissões de Promoções, órgão de assessoramento direto do Comando Geral responsável pela preparação de todos os processos de promoção da PM, de soldado a coronel, e onde estive até minha recente promoção ao posto de tenente-coronel PM no último dia 25 de agosto.
JSZN: Neste tempo de policial militar, houve alguma ocorrência que marcou sua carreira?
Ten.cel. PM Bernardo: A carreira de policial militar é dinâmica e certamente propicia muitas circunstâncias em que as emoções são postas à prova. Pessoalmente sou muito realizado pelas funções exercidas, todas de grande responsabilidade, mas não há nenhuma ocorrência em especial que tenha marcado minha carreira.
JSZN: O que significa para o Sr comandar o 5º BPM/M?
Ten.cel. PM Bernardo: Sem dúvida alguma é uma enorme satisfação comandar o 5º BPM/M, unidade tradicional da PM na Zona Norte da capital, que tem incumbência de exercer a atividade de polícia ostensiva em uma área de aproximadamente 40 km². Isso significa ser responsável pelas atividades da Polícia Militar de modo a manter a segurança de todas as pessoas que residem, trabalham ou simplesmente transitam pela área do batalhão.
JSZN: Qual a sua expectativa em assumir o 5º BPM/M?
Ten.cel. PM Bernardo: A unidade conta com uma equipe de excelentes policiais militares, oficiais e praças dedicados ao serviço e comprometidos com a qualidade do atendimento à população, portanto minha expectativa é conduzir este time de profissionais motivando-os a fazer sempre mais e melhor.
JSZN: Quais ações o Sr pretende implantar na unidade?
Ten.cel. PM Bernardo: A unidade já vem desempenhando um papel fundamental para nossa sociedade, com indicadores criminais que fazem frente às melhores polícias do mundo e tenho pretensão de focar as ações de comando na valorização profissional do policial militar e na redução gradativa desses indicadores.
JSZN: O que o 5º BPM/M tem feito no sentido de valorização de seus profissionais?
Ten.cel. PM Bernardo: É tradição na unidade o reconhecimento das boas práticas por meio de elogios e honrarias militares, bem como o investimento em treinamento, cursos de especialização, armamento moderno e excelentes viaturas para o cumprimento das missões.
JSZN: Qual importância dos Consegs na nossa região?
Ten.cel. PM Bernardo: Cada vez mais se torna evidente que segurança pública não é um problema exclusivo da Polícia, a participação da sociedade por meio de seus diversos segmentos e representações tem papel fundamental para atingirmos o objetivo que é o bem comum, dessa forma os Consegs podem e precisam fazer parte desse elenco de corresponsáveis pela segurança de nossos bairros.
JSZN: Quais mudanças estão sendo feitas para melhorar o atendimento à população?
Ten.cel. PM Bernardo: São várias medidas nesse sentido, como por exemplo o constante estudo de casos relevantes, aperfeiçoamento técnico dos procedimentos padrões e a busca constante pela excelência no atendimento à população.
JSZN: Como o Sr. vê a atuação da PM nesta fase da pandemia?
Ten.cel. PM Bernardo: Assim como ocorreu com os profissionais da área da saúde, a PM não deixou de cumprir suas missões, permanecendo na linha de frente desde o início da pandemia e, além do policiamento habitual em todo o Estado, ainda exerceu papel fundamental em ações como escolta de vacinas e insumos, bem como foi incumbida pela imunização de todos os policiais e agentes dos órgãos de segurança federal, estadual e municipal no Estado de São Paulo.
JSZN: Como o Sr analisa o trabalho das mídias regionais, em especial o jornal Semanário da Zona Norte?
Ten.cel. PM Bernardo: A informação nos dias atuais é de suma importância e as mídias sociais são as grandes responsáveis por levar as informações de forma rápida aos cidadãos, pois possuem alta capilaridade na difusão e, neste cenário, destaco e parabenizo o Semanário da Zona Norte pelo fundamental serviço prestado à população da região norte da Capital paulista.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!