SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Secretário da Segurança recebe Colar e Medalha do Mérito Judiciário Militar Paulista

As honrarias são entregues como reconhecimento àqueles que prestaram relevantes serviços à Justiça Militar do Estado de São Paulo

O secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, recebeu, na quarta-feira, dia 27 de março, o Colar e a Medalha do Mérito Judiciário Militar Paulista, no Tribunal de Justiça Militar, na Vila Buarque, no centro da Capital.

As honrarias são entregues com o objetivo de condecorar personalidades nacionais ou estrangeiras por seus méritos pessoais ou relevantes serviços prestados à Justiça Militar do Estado de São Paulo.

"Seu nome foi eleito por unanimidade pelo homem que vossa excelência é, por tudo que já produziu para o nosso país e pelo que está fazendo agora pela segurança pública", discursou o presidente do TJM, Paulo Prazak, ao entregar o colar ao secretário da Segurança. "É um prêmio para nós paulistas tê-lo ainda trabalhando depois de se aposentar do exército", concluiu.

Após receber a homenagem, o general Campos, explicou que seu retorno foi decidido depois de muitas solicitações e porque sentiu que poderia continuar servindo à população. "Quero cooperar com a segurança pública, devolvendo ao Brasil tudo o que ele já me deu", afirmou.

O secretário da Segurança também aproveitou o momento para parabenizar o TJM pelo trabalho realizado, que segundo ele é uma megatendência da segurança pública. "O trabalho dos senhores está embasado. Quando alguém sai do trilho, precisa ser corrigido. Os senhores mantêm o respeito à instituição e aos grandes pilares", finalizou.

As comendas foram instituídas em abril de 2013 e possuem dois graus: a Medalha e o Colar, sendo o último outorgado àqueles que, por seus méritos, fazem-se merecedores de novo reconhecimento pela Egrégia Corte Castrense.               

Também estiveram presentes durante a entrega do Colar e da Medalha o vice-presidente do TJM, Orlando Geraldi, o corregedor-geral, Avivaldi Nogueira Junior, além dos juízes do tribunal Fernando Pereira, Clovis Santinon, Paulo Adib Casseb e Silvio Hiroshi Oyama.

Sobre o TJM

O TJM tem como competência originária processar e julgar crimes militares, exercer a correição geral sobre as atividades de polícia judiciária militar e decidir sobre a perda do posto e da patente dos oficiais e da graduação das praças da Polícia Militar, tendo, ainda, como competência revisora, julgar os recursos interpostos contra as decisões de Primeira Instância.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Secretário da Segurança recebe Colar e Medalha do Mérito Judiciário Militar Paulista

O secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, recebeu, na quarta-feira, dia 27 de março, o Colar e a Medalha do Mérito Judiciário Militar Paulista, no Tribunal de Justiça Militar, na Vila Buarque, no centro da Capital.

As honrarias são entregues com o objetivo de condecorar personalidades nacionais ou estrangeiras por seus méritos pessoais ou relevantes serviços prestados à Justiça Militar do Estado de São Paulo.

"Seu nome foi eleito por unanimidade pelo homem que vossa excelência é, por tudo que já produziu para o nosso país e pelo que está fazendo agora pela segurança pública", discursou o presidente do TJM, Paulo Prazak, ao entregar o colar ao secretário da Segurança. "É um prêmio para nós paulistas tê-lo ainda trabalhando depois de se aposentar do exército", concluiu.

Após receber a homenagem, o general Campos, explicou que seu retorno foi decidido depois de muitas solicitações e porque sentiu que poderia continuar servindo à população. "Quero cooperar com a segurança pública, devolvendo ao Brasil tudo o que ele já me deu", afirmou.

O secretário da Segurança também aproveitou o momento para parabenizar o TJM pelo trabalho realizado, que segundo ele é uma megatendência da segurança pública. "O trabalho dos senhores está embasado. Quando alguém sai do trilho, precisa ser corrigido. Os senhores mantêm o respeito à instituição e aos grandes pilares", finalizou.

As comendas foram instituídas em abril de 2013 e possuem dois graus: a Medalha e o Colar, sendo o último outorgado àqueles que, por seus méritos, fazem-se merecedores de novo reconhecimento pela Egrégia Corte Castrense.               

Também estiveram presentes durante a entrega do Colar e da Medalha o vice-presidente do TJM, Orlando Geraldi, o corregedor-geral, Avivaldi Nogueira Junior, além dos juízes do tribunal Fernando Pereira, Clovis Santinon, Paulo Adib Casseb e Silvio Hiroshi Oyama.

Sobre o TJM

O TJM tem como competência originária processar e julgar crimes militares, exercer a correição geral sobre as atividades de polícia judiciária militar e decidir sobre a perda do posto e da patente dos oficiais e da graduação das praças da Polícia Militar, tendo, ainda, como competência revisora, julgar os recursos interpostos contra as decisões de Primeira Instância.

Publicidade