SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Mundo fraterno

Apesar do imenso avanço científico e tecnológico vivenciado no último século

Apesar do imenso avanço científico e tecnológico vivenciado no último século, as pessoas, imersas no imediatismo do mundo material, demonstram dificuldade para compreender a importância deste período planetário.

É nítido que a humanidade vive momentos de instabilidade e incertezas mesmo porque são de diversas ordens as dificuldades que precisam ser superadas. São eventos da natureza, que causam destruições e sofrimento; são as ações políticas dos homens, que trazem insegurança social e, em alguns casos, causam até mesmo guerras, etc.

Visivelmente, a ética e a moral estão cada vez mais elásticas e atitudes ilegais e imorais são justificadas na lei e na manipulação das regras de conduta estabelecidas ao longo dos séculos.

Enfim, sob todos os aspectos, os males estão sendo escancarados.

Para os desatentos essa situação causa a falsa percepção de que as energias deletérias e negativas se sobrepõem ao bem.  No entanto é preciso lembrar que nosso planeta, aliás, como tudo no universo, está em constante progresso e que os grandes eventos, de toda ordem, ocorrem para viabilizar a regeneração da humanidade e que, portanto, esse é um movimento global que se opera na busca do progresso moral.

Como o planeta está num processo de progresso físico, pela transformação de seus componentes, e moral, pela depuração dos espíritos encarnados e desencarnados que o povoam , ganha importância o alerta feito por Kardec ao afirmar que quando (o homem) praticar a Lei de Deus, terá uma ordem social fundada na justiça e na solidariedade e ele próprio será melhor .

A mudança planetária, apesar da inquietude que causa, passa pela transformação do eu interior de cada pessoa, de modo que a tônica deste momento é orar e vigiar, pois, assim, ao invés da imensidão do mar, todos encontrarão dentro de si a tranquilidade e a disciplina de um rio que nunca inverte seu curso , bem como serão partícipes na construção de um mundo fraterno.

  1Allan Kardec - A Gênese.

  2Allan Kardec – Questão 930, O Livro dos Espíritos.

  3Irmão Alpe. A Felicidade. Psicofonia - médium Tereza de Barros Fonseca, 27/07/1999, Casa de Estudos Espírita “Dr. Alberto Seabra”.

Paulo Eduardo de Barros Fonseca, Governador 2006/2007 do Distrito 4430 de Rotary International

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Mundo fraterno

Apesar do imenso avanço científico e tecnológico vivenciado no último século, as pessoas, imersas no imediatismo do mundo material, demonstram dificuldade para compreender a importância deste período planetário.

É nítido que a humanidade vive momentos de instabilidade e incertezas mesmo porque são de diversas ordens as dificuldades que precisam ser superadas. São eventos da natureza, que causam destruições e sofrimento; são as ações políticas dos homens, que trazem insegurança social e, em alguns casos, causam até mesmo guerras, etc.

Visivelmente, a ética e a moral estão cada vez mais elásticas e atitudes ilegais e imorais são justificadas na lei e na manipulação das regras de conduta estabelecidas ao longo dos séculos.

Enfim, sob todos os aspectos, os males estão sendo escancarados.

Para os desatentos essa situação causa a falsa percepção de que as energias deletérias e negativas se sobrepõem ao bem.  No entanto é preciso lembrar que nosso planeta, aliás, como tudo no universo, está em constante progresso e que os grandes eventos, de toda ordem, ocorrem para viabilizar a regeneração da humanidade e que, portanto, esse é um movimento global que se opera na busca do progresso moral.

Como o planeta está num processo de progresso físico, pela transformação de seus componentes, e moral, pela depuração dos espíritos encarnados e desencarnados que o povoam , ganha importância o alerta feito por Kardec ao afirmar que quando (o homem) praticar a Lei de Deus, terá uma ordem social fundada na justiça e na solidariedade e ele próprio será melhor .

A mudança planetária, apesar da inquietude que causa, passa pela transformação do eu interior de cada pessoa, de modo que a tônica deste momento é orar e vigiar, pois, assim, ao invés da imensidão do mar, todos encontrarão dentro de si a tranquilidade e a disciplina de um rio que nunca inverte seu curso , bem como serão partícipes na construção de um mundo fraterno.

  1Allan Kardec - A Gênese.

  2Allan Kardec – Questão 930, O Livro dos Espíritos.

  3Irmão Alpe. A Felicidade. Psicofonia - médium Tereza de Barros Fonseca, 27/07/1999, Casa de Estudos Espírita “Dr. Alberto Seabra”.

Paulo Eduardo de Barros Fonseca, Governador 2006/2007 do Distrito 4430 de Rotary International

Publicidade