SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Segurança Pública

Dia do Policial Rodoviário - 23 de julho

O guarda ou policial rodoviário é o profissional que trabalha na fiscalização do trânsito nas rodovias

Dia do Policial Rodoviário - 23 de julho
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O guarda ou policial rodoviário é o profissional que trabalha na fiscalização do trânsito nas rodovias, visando sempre manter a ordem e a segurança nas estradas, e acima de tudo evitar acidentes. A Polícia Rodoviária Federal está presente em todos os Estados e é dividida em Superintendências Regionais, que coordenam os postos policiais municipais. Portanto, esse profissional pode trabalhar em níveis federais, estaduais ou municipais, sempre exercendo a mesma função, de verificar infrações de trânsito, impedir condutas perigosas nas estradas e auxiliar e informar os motoristas em caso de problemas. O guarda rodoviário é incumbido de aplicar advertências e multas quando necessário e até deter o condutor em casos extremos. Esse profissional também pode trabalhar no controle do contrabando e do tráfico de drogas, vistoriando a movimentação nas rodovias e detendo veículos suspeitos, também pode prestar socorro e auxílio a pessoas envolvidas em acidentes nas estradas.


Características necessárias
Para ser um guarda rodoviário é preciso ter conhecimento aprofundado sobre a legislação brasileira, principalmente sobre a legislação de trânsito. Conceitos de primeiros socorros também são importantes. Esse profissional é selecionado por meio de concurso público, portanto deve atender às exigências do edital do concurso. Além disso, outras características interessantes são: responsabilidade; capacidade de observação; raciocínio rápido; agilidade; capacidade de organização; capacidade para lidar com as pessoas; honestidade; capacidade de decisão; facilidade para a resolução de problemas; gosto por ajudar as pessoas.


Formação necessária
A profissão de guarda, ou policial rodoviário é exercida mediante aprovação em concurso público. Para poder prestar o concurso, o candidato, homem ou mulher, deve ter idade entre 18 e 30 anos, deve ser brasileiro, ter certificado de reservista ou de dispensa do serviço militar e segundo grau completo. O conteúdo da prova é divulgado no edital de abertura de concurso público, podendo ter mais de uma fase de seleção, e ser em forma de prova de múltipla escolha, dissertativa, ou prática, além de ser sempre aplicada por instituições de ensino competente. O concurso público é a forma mais democrática de seleção de candidatos, e aos que são aprovados, a servidoria pública oferece diversos benefícios legais.


Principais atividades 
Suas principais atividade são: fiscalizar o cumprimento das normas de trânsito nas estradas; parar veículos suspeitos; aplicar multas, sejam por excesso de velocidade, embriaguez, condução perigosa, condução de veículos em estado perigoso, etc. apreender veículos, quando necessário; verificar a segurança das estradas; auxiliar e informar os motoristas; realizar intervenção direta e imediata na ocorrência de acidentes, auxiliar, prestar os primeiros socorros, e pedir ajuda especializada; avisar aos órgãos responsáveis sobre as condições da pista; realizar projetos de policiamento preventivo; controlar a movimentação de veículos, trabalhando junto com investigações de contrabando, tráfico de drogas e veículos roubados; deter suspeitos; reportar as ocorrências aos seus superiores.


Áreas de atuação e especialidades
O policial rodoviário trabalha sempre nas estradas, podendo ser de ordem federal, ou nas superintendências regionais, trabalhando em estradas de nível estadual e municipal. Esse profissional é responsável por manter a ordem e a segurança nas estradas, podendo também fazer parte de grandes operações integradas com outras polícias e órgãos, como operação de contenção do contrabando e tráfico de drogas, ou auxiliar em verificações de veículos nas estradas em busca de suspeitos. 


Mercado de trabalho
O mercado de trabalho para o profissional dessa área é grande, porém a quantidade de estradas brasileiras é maior que o número de guardas rodoviários trabalhando nelas. A segurança nas estradas é muito importante para a sociedade em geral, pois muitas áreas da economia dependem dela para funcionar, como por exemplo, a circulação de mercadorias e o turismo. Por ser de responsabilidade estatal, o mercado cresce à medida que o governo investe e mais concursos são abertos.


Curiosidades
A Polícia Rodoviária Federal foi fundada em 1928, no governo do presidente Washington Luis, e ganhou o nome de Polícia das Estradas. Já no Estado de São Paulo, a polícia rodoviária foi criada em 1948, pelo governador Ademar Pereira de Barros, com o nome de Grupo Especial de Polícia Rodoviária. Atualmente, o Comando de Policiamento Rodoviário, como segmento especializado da Polícia Militar do Estado de São Paulo é responsável pelo policiamento ostensivo de trânsito e pela preservação da ordem pública em toda a malha rodoviária paulista, em um total de mais de 20.000 km de rodovias, onde atuam mais de 4.000 homens e mulheres.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!