SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Datas

Dia do Bombeiro Brasileiro

2 de julho

Dia do Bombeiro Brasileiro
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No dia 2 de julho comemora-se o Dia do Bombeiro Brasileiro, uma corporação da Defesa Civil que se encontra diretamente ligada à Polícia Militar. A data foi decretada oficial no Brasil no ano de 1954, e hoje já somam cento e sessenta e seis anos de existência. Os primeiros registros dos serviços do Corpo de Bombeiro no Brasil surgiram no ano de 1856, quando o imperador d. Pedro II assinou um decreto que caracterizava a diminuição dos incêndios. Antes da criação dessa corporação, as pessoas apagavam os incêndios contando com a ajuda de vizinhos e amigos, além de contar com a boa sorte de se encontrar água em abundância na localidade. As latas iam passando de mão em mão, até chegaram ao local do incêndio, de forma bem simples e arriscada, podendo causar maiores danos, em razão da falta de preparo das pessoas. Hoje em dia podemos acessar o Corpo de Bombeiros através do telefone 193, um número que atende localidades de todo o País. Mas esse número deve ser preservado de trotes e brincadeiras de mau gosto, pois podem atrapalhar no salvamento de vidas que estejam em perigo.

A profissão de bombeiro é muito bonita e deveria ser mais valorizada, pois colocam suas vidas em perigo para salvar a vida de outras pessoas. Além de servirem para apagar fogo, esses profissionais são preparados para fazer resgates de pessoas que correm risco de perder a vida, socorrer animais em situações difíceis, asfixia, tentativa de suicídio, afogamentos e traumas em acidentes, desaparecimentos em florestas e matas, etc. Fazem ainda a fiscalização em empresas, garantindo condições de primeiros atendimentos em caso de incêndios, onde as mesmas devem manter extintores cheios e oferecer equipamentos de segurança aos funcionários.

Os bombeiros também desenvolvem projetos sociais e educativos, levando para as escolas orientações a jovens e crianças sobre formas de evitar acidentes, cuidados em represas, piscinas e praias, cuidados com álcool e fogo, acidentes em brincadeiras, não mexer em produtos de limpeza, não ingerir remédios sem orientação de pessoas adultas, dentre várias outras. Além desses, mostram o quanto é importante ter atitudes corretas enquanto cidadãos, como manter a ordem de nossas cidades, respeitar as leis e cumprir com nossas obrigações.

Esse trabalho é muito importante, pois através da prevenção levam para os estudantes orientações que podem evitar acidentes, tornando-os mais responsáveis em suas atitudes.

Bombeiros no Brasil

No Brasil o serviço de bombeiro mais conhecido é o mililtarizado. Porém também existe o bombeiro civil; o qual é empregado nas empresas (normalmente nas brigadas de incêndio) ou participa de atendimento público como voluntário ou contratado, ou ainda como funcionário municipal. No Brasil existem mais de 5.500 municípios e, destes, menos de 350 possuem bombeiros militares. A solução, principalmente na região Sul do país, tem sido os bombeiros civis, que atuam como voluntários em ONGs. No Estado do Paraná existe o Projeto Bombeiro Comunitário, que é uma parceria entre o Estado do Paraná e os municípios, onde o governo estadual fornece viaturas, o financiamento para a construção dos Postos de Bombeiros e coloca à disposição um bombeiro militar (Sargento) pertencente ao Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Paraná, que será o responsável pelo treinamento do efetivo, realização de vistorias técnicas e oraganização geral do Posto; e as prefeituras municipais colocam à disposição funcionários municipais denominados Agentes de Defesa Civil, o projeto se destina aos municípios que possuem um índice menor de ocorrências, e desta forma através desta parceria é garantido o atendimento à população destes municípios.

Para se tornar um bombeiro militar é preciso prestar concurso público e passar por um curso de formação. Já para ser bombeiro voluntário faz-se necessário procurar um Corpo de Voluntários e submeter-se a um treinamento básico para poder desempenhar as atividades.
Na maioria dos Estados do Brasil o Corpo de Bombeiros Militar é autônomo. Somente nos Estados de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Bahia são vinculados administrativamente ao Comando da Polícia Militar e à Secretaria Estadual de Segurança Pública.

No Estado do Rio de Janeiro o Corpo de Bombeiros Militar está vinculado à Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil. O bombeiro civil existe como profissional nos grandes centros desde os idos anos de 1960, principalmente nas grandes montadoras automobilísticas e metalúrgicas.Para ser um bombeiro civil a pessoa precisa ser aprovada em um curso de formação regido preferencialmente pela NBR 14608 da ABNT e recentemente pela Lei 11.901 de 12 de janeiro de 2009. Existem várias escolas em todo pais e poucas sérias, mas ainda não existe regulamentação aprovada (alguns projetos de lei são expressivos), dando margem a ilegalidades pouco ou nada combatidas. Certo é que o bommbeiro profissional civil, já conquistou muitos avanços, entre eles a NBR 14608 da ABNT e sua Menção na IT 17 Item 5 do Decreto Estadual 46076 de 2001 que culminou com a Lei 11.901 acima mencionada. Um dos grandes desafíos do bombeiro profissional civil no Brasil é a união, bem como ser dotado de aparelhamento e especilaizações como o bombeiro militar, uma vez que ao contrário daquele, este tem que pagar por sua especialização. Não a obtém às custas do Estado. Há ações isoladas como a do Grupamento Organizado de Bombeiros Civís de São Paulo, outra grande referência no apoio ao Bombeiro Civil, está no trabalho feito pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, que passou a avaliar e credenciar o Bombeiro Civil em atuação naquele Estado.

Áreas de atuação

Apesar de terem sido inicialmente constituídos com a função de combate a incêndios, as funções dos bombeiros alargaram-se para quase todas as áreas da proteção civil. Conforme o país e o corpo de bombeiros, as várias áreas de intervenção dos bombeiros são: combate a incêndios florestais; combate a incêndios urbanos; combate a incêndios industriais; resgate em grande ângulo; emergência médica pré-hospitalar; salvamento aquático; desencarceramento em acidentes rodoviários e ferroviários; intervenção em incidentes elétricos; intervenção em incidentes hidráulicos; intervenção em incidentes com matériais perigosos; intervenção em incidentes com redes de gás; corte de árvores em risco iminente de queda; captura de animais correndo ou oferecendo risco. 

Equipamentos

Os bombeiros utilizam: veículos de socorro e luta contra incêndios; veículos de combate a incêndios (ligeiros, urbanos, rurais, florestais e especiais); veículos tanque táticos (urbanos, rurais e florestais); veículos tanque de grande capacidade; veículos com equipamento técnico de apoio; veículos de apoio alimentar; veículos de apoio a mergulhadores; veículos com escada giratória; veículos com plataforma giratória; veículos de resgate,  socorro e assistência (tácticos e especiais); veículos de proteção multiriscos (tácticos e especiais); veículos de comando tático; veículos de comando e comunicações; veículos de gestão estratégica e operações; veículos de transporte de pessoal (táctico e geral); veículos para operações específicas; veículos de socorro e assistência a doentes; veículos de intervenção aquática; botes de reconhecimento e transporte (pneumáticos e semirrígidos); lanchas de transporte geral; motocicletas de prévio resgate e salvamento.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!