SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

CRS Norte promove capacitação para combate à tuberculose

Região investe em treinamentos e reconhece os trabalhos desempenhados no território

A Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Norte, em parceira com a Divisão Regional de Vigilância em Saúde (DRVS), promoveu em junho passado dois encontros que discutiram as estratégias práticas quanto à tuberculose na Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD) Central.

Em 19 de junho, aconteceu encontro de capacitação de médicos e enfermeiros da região que visava o reforço sobre as informações da doença, priorizando o diagnóstico e tratamento nos serviços de saúde.  A atividade foi organizada pela Interlocutora da tuberculose, Simone Garcia, da DRVS Norte, e ministrada pelo pneumologista Sidney Bombarda, do Ambulatório de Especialidades do Tucuruvi.

“A tuberculose é uma doença cujos sintomas podem ser confundidos com o de outras doenças. Por isso, é importante relembrar e atualizar as informações, para o diagnóstico correto oportunamente e logo iniciar o tratamento”, alerta Simone, sobre a importância de aprofundar os conhecimentos sobre as particularidades da patologia.

Médico endocrinologista na UBS Santos Elias e clínico do Programa Saúde da Família (PSF), Fabio Augusto Turolla Vanzella, fala da relevância de tratar sobre a tuberculose com a promoção do evento. “O fato de ser um programa de educação continuada que acontece periodicamente, nos dá a oportunidade de atualização constante sobre as principais doenças que encontramos na unidade, além de servir como referência para quando surgem dúvidas ou casos que não conseguimos conduzir.”

Sintomas e cuidados

A tuberculose é uma doença causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões. É necessário extremo cuidado para que pessoas que convivem com o indivíduo que tem a doença não se contaminarem também.

É necessário também ficar atento aos sintomas básicos, que são tosse seca e contínua no início e, depois, com presença de secreção por mais de três semanas; cansaço excessivo; febre baixa, geralmente à tarde; falta de apetite e palidez. Ao detectar esses sintomas, é importante procurar a unidade de saúde imediatamente.

Pneumonologista do Ambulatório de Especialidades do Tucuruvi, Sidney Bombarda explica que a doença infecciosa é a mais comum da espécie humana e muito habitual no Brasil, por ficar mais concentrada em grandes centros e que boa parte dos casos do Estado de São Paulo está na capital. “É muito importante que as equipes de saúde estejam atualizadas em relação ao diagnóstico e ao tratamento da doença. O grande segredo é você diagnosticar precocemente e tratar adequadamente esses pacientes”, finaliza Sidney.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

CRS Norte promove capacitação para combate à tuberculose

A Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Norte, em parceira com a Divisão Regional de Vigilância em Saúde (DRVS), promoveu em junho passado dois encontros que discutiram as estratégias práticas quanto à tuberculose na Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD) Central.

Em 19 de junho, aconteceu encontro de capacitação de médicos e enfermeiros da região que visava o reforço sobre as informações da doença, priorizando o diagnóstico e tratamento nos serviços de saúde.  A atividade foi organizada pela Interlocutora da tuberculose, Simone Garcia, da DRVS Norte, e ministrada pelo pneumologista Sidney Bombarda, do Ambulatório de Especialidades do Tucuruvi.

“A tuberculose é uma doença cujos sintomas podem ser confundidos com o de outras doenças. Por isso, é importante relembrar e atualizar as informações, para o diagnóstico correto oportunamente e logo iniciar o tratamento”, alerta Simone, sobre a importância de aprofundar os conhecimentos sobre as particularidades da patologia.

Médico endocrinologista na UBS Santos Elias e clínico do Programa Saúde da Família (PSF), Fabio Augusto Turolla Vanzella, fala da relevância de tratar sobre a tuberculose com a promoção do evento. “O fato de ser um programa de educação continuada que acontece periodicamente, nos dá a oportunidade de atualização constante sobre as principais doenças que encontramos na unidade, além de servir como referência para quando surgem dúvidas ou casos que não conseguimos conduzir.”

Sintomas e cuidados

A tuberculose é uma doença causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões. É necessário extremo cuidado para que pessoas que convivem com o indivíduo que tem a doença não se contaminarem também.

É necessário também ficar atento aos sintomas básicos, que são tosse seca e contínua no início e, depois, com presença de secreção por mais de três semanas; cansaço excessivo; febre baixa, geralmente à tarde; falta de apetite e palidez. Ao detectar esses sintomas, é importante procurar a unidade de saúde imediatamente.

Pneumonologista do Ambulatório de Especialidades do Tucuruvi, Sidney Bombarda explica que a doença infecciosa é a mais comum da espécie humana e muito habitual no Brasil, por ficar mais concentrada em grandes centros e que boa parte dos casos do Estado de São Paulo está na capital. “É muito importante que as equipes de saúde estejam atualizadas em relação ao diagnóstico e ao tratamento da doença. O grande segredo é você diagnosticar precocemente e tratar adequadamente esses pacientes”, finaliza Sidney.

Publicidade