SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Colunistas

A doutrina espírita

Colunista Paulo Eduardo de Barros Fonseca

A doutrina espírita
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A doutrina espírita foi codificada pelo educador francês e se apresenta lastreada em três colunas independentes, mas interligadas, que a sustentam, quais sejam: ciência, filosofia e religião. 
No dizer de Emmanuel esses elementos basilares constituem o triângulo sublime sobre o qual a doutrina espírita assenta suas bases, preparando a humanidade do presente para a vitória do Amor.
O Espiritismo é, ao mesmo tempo, uma ciência de observação e uma doutrina filosófica com um conteúdo moral, baseado nos fundamentos eternos do Cristo, que liga fraternalmente os homens entre si enquanto um caminho que os conduz a Deus.
Como bem definiu Allan Kardec, no livro O que é o Espiritismo, “a doutrina funda-se na existência de um mundo invisível, formado por seres incorpóreos que povoam o espaço e que não são mais que as almas daqueles que viveram na terra, ou em outros globos, nos quais deixaram seus invólucros materiais. São os seres a que chamamos de espírito, seres que nos cercam e incessantemente exercem sobre os homens, sem que estes os percebam, uma grande influência e desempenham papel muito ativo no mundo moral e mesmo, até certo ponto, físico.”.
Fato é, porém, que o Espiritismo não descobriu e nem inventou os espíritos e tão pouco descobriu o mundo espiritual, no qual o homem, ainda que instintivamente, sempre acreditou, bem como nem mesmo revelou a mediunidade.
Mas, com base nos três aspectos que dão suporte à doutrina - ciência, filosofia e religião -, ela demonstra por fatos materiais a existência desse mundo espiritual e o apresenta como verdadeira luz, livrando-o dos preconceitos e incertezas. 
Assim, novamente lembrando Kardec, “o Espiritismo é uma ciência que trata da natureza, origem e destino dos espíritos, bem como suas relações com o mundo corporal”. 
No estudo da doutrina Espírita denota-se que Kardec, seu codificador, partiu da pesquisa, como fundamento da doutrina, originando-se a Ciência espírita; desenvolveu a interpretação dos resultados da pesquisa, enquanto um investigador imparcial, que resultou na Filosofia espírita; que naturalmente leva à Religião espírita.
Daí sua defesa na fé racionada, de modo que ela seja inabalável e possa encarar a razão face a face em todas as épocas da humanidade.
Não se deve esquecer que a doutrina espírita também admite e estuda a reencarnação, a qual, ademais, era plenamente admitida desde a antiguidade e ainda é aceita em diversas religiões.  
Aliás, quanto à reencarnação, a história nos mostra que quando o Cristianismo foi incorporado como religião oficial do Império Romano o tema começou a ser banido, tendo essa situação se consolidado no Concílio de Constantinopla, no ano de 553, por obra do imperador Justiniano. 
Mas, crê-se que pelas encarnações sucessivas o espírito, sendo pouco a pouco despojado de suas impurezas e aperfeiçoamento pelo trabalho, chega ao termo de suas existências corpóreas, atingindo esferas superiores.
O Espiritismo não tem culto material exterior nem sacerdócio organizado, porém, inegavelmente, possui um conteúdo moral que liga os homens entre si e o Criador.  
Seus adeptos buscam o aperfeiçoamento moral e creem na existência de um único Deus, na possibilidade da comunicação útil dos espíritos por meio dos médiuns, no progresso da alma, na pluralidade dos mundos e na reencarnação, como um processo de progresso espiritual e justiça divina.
Enfim, no sentido de que seus princípios fundamentais e suas consequências morais traduzem o pensamento de Jesus, a doutrina espírita pode e deve ser considerada como uma doutrina cristã.
Por fim, fato é que estando atrelados a lei divina todos irão “nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei”.

Paulo Eduardo de Barros Fonseca

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!