SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Clubes de Serviços

José Roberto Martinez do Canto assume a presidência do Rotary Club-Vila Maria

O empresário José Roberto Martinez do Canto assumiu na noite de quinta-feira, dia 27 de junho, no Espaço Immensità

José Roberto Martinez do Canto assume a presidência do Rotary Club-Vila Maria
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O empresário José Roberto Martinez do Canto assumiu na noite de quinta-feira, dia 27 de junho, no Espaço Immensità, a presidência do Rotary Club-Vila Maria (ano rotário 2019-2020). Roberto assume o posto ocupado por Mario Martinez do Canto.

Inaugurado em 21 de maio de 1967, o Rotary-Vila Maria é um dos mais tradicionais da Zona Norte de São Paulo.

Para o empresário, “assumir o cargo de presidente num clube tão tradicional como o da Vila Maria, significa muita responsabilidade. “Eu tenho o privilégio de receber o cargo do meu irmão Mario do Canto. É um novo ciclo que se inicia, temos grandes projetos em mente e estamos adotando o Colégio Paulo Edydio, na Vila Maria. É um projeto bastante audacioso, mas tenho certeza que o Rotary-Vila Maria, com todos os seus companheiros, vamos conseguir fazer um bom trabalho. Estamos buscando parcerias privadas para financiar a reforma da escola”.

José Roberto destacou o papel do Rotary para a população. “O Rotary é uma entidade que busca fazer o bem, ou seja, dar de si sem pensar em si. Para quem tem esse princípio é importante buscar uma associação séria assim como o Rotary.  Todo o trabalho e o empenho de todas as pessoas é bem aplicado em prol da comunidade tanto a nível nacional como mundial”.

O presidente falou da inovação e da junção dos Distritos 4430 e 4610. “O Rotary precisa dessas mudanças, é uma entidade centenária. A transformação é importante para se perpetuar, além disso é fundamental para manter o Rotary vivo, ativo e mais forte”.

Para o rotariano Leone Perez “é de suma importância a transmissão de posse entre os presidentes porque a presidência em todo o Rotary é de 12 meses, é um período em que se trabalha muito, essa mudança é importantíssima porque mudam o comando e as ideias. O que não muda são os projetos. Um dos principais projetos do Rotary-Vila Maria é a reestruturação e a reforma do Colégio Paulo Egydio”.

Perez disse que a gestão do presidente Mario do Canto foi excelente. “A gestão contou com muitos atrativos e reuniões participativas. Inclusive, entraram 14 novos companheiros no clube, sendo dois associados que estão retornando ao clube. Minha mensagem para o José Roberto do Canto é que ele continue o trabalho que o irmão começou, e que coloque sua identidade em todos os projetos que precisam de ajuda”.

Já para o governador assistente, Artur Abrantes dos Santos, “é uma honra assumir o cargo de governador assistente e também muita responsabilidade junto aos três clubes que fazem parte da Área 6. Pretendo que eles realizem todos os projetos que estão planificados para a gestão. Nós estamos aqui para trabalhar e dispostos para colaborar com a governadora Maria Lucia Strazzeri. E o Rotary-Vila Maria é um clube tradicional na região. Já tivemos 80 sócios, e hoje vamos dar posse a 14 novos associados. O Rotary tem um papel muito importante para a comunidade, um exemplo é a reforma da Escola Estadual Paulo Egydio, colégio muito conhecido na região da Vila Maria. Muitos dos nossos companheiros estudaram lá. Atualmente, o colégio se encontra deteriorado com pichações e sem manutenção nos banheiros. Outro destaque que devemos dar é à Casa Dom Macário. O clube realizou diversas obras no local como a reforma de elevadores e a construção de um conjunto dentário para atender 1.500 crianças.

Minha mensagem para o José Roberto Martinez do Canto é de muito sucesso. Ele é uma pessoa muito dedicada e que ele nunca desista, pois o Rotary abre muitas portas”.

Para o past-presidente Cássio Luiz Caccia “a transmissão de posse é uma renovação, é a nossa engrenagem rodando. A renovação é importante em qualquer ambiente, seja no Rotary, na política ou em qualquer situação. Nova diretoria e novos companheiros trabalhando em prol da comunidade, isso traz dinamismo e muita força para o clube. Parabenizo o Mario do Canto pela sua gestão e desempenho. Passamos por dificuldades em todos os setores e a economia do país está muito ruim.  A manutenção de companheiros no clube é uma tarefa muito difícil, o presidente Mario inovou a questão financeira e contábil do clube dando maior oportunidade para as pessoas que não têm poder aquisitivo tão bom para poderem arcar com suas despesas diárias. A segunda bandeira da entidade é a educação, em primeiro vem a irradicação da poliomielite. Por coincidência, em uma reunião de companheirismo, decidimos ajudar a  Escola Estadual Paulo Egydio. O past-presidente Ruy Caccia começou a delinear o modelo, o Mario do Canto encampou a ideia com o projeto de uma reforma total do colégio. Isso ganhou corpo e conseguimos fazer com que os companheiros aderissem a essa ideia, fizemos um projeto maravilhoso de reforma da escola, e já queremos começar as obras no segundo semestre deste ano. O presidente José Roberto é uma pessoa carismática e ímpar. Exemplo disso é a entrada de 14 novos companheiros”. 

Já para o past- governador Ronald D’Elia “o Rotary-Vila Maria é um clube muito forte, e já teve 80 sócios. Ele faz um fantástico trabalho para a comunidade. Acompanho este clube há mais de 35 anos, e desde 1970 sou amigo do Manoel do Canto que é pai do presidente José Roberto do Canto. A renovação da entidade é importante porque é isso que motiva os companheiros. É um clube que tenho muita satisfação em visitar. Tenho esperanças de uma excelente gestão.  Os clubes Vila Maria e São Paulo-Norte são os que mais se destacam dentro do nosso Distrito”.

O empresário Manoel do Canto afirmou a importância da doação. “Meus filhos Mário e José Roberto aprenderam que na vida tem que se doar ao próximo para que você tenha um futuro brilhante. Quando plantamos amor, amizade e respeito, você consegue receber os benesses da vida que é a amizade e a oportunidade. Só consegue a oportunidade quem planta o amor”.

Manoel ressaltou a satisfação em estudar na Escola Estadual Paulo Edydio, um dos colégios mais tradicionais da Vila Maria. “Fui aluno da primeira turma do colégio. A Vila Maria está no meu coração, e é o melhor bairro do mundo”.

Já para o past-presidente do Rotary-Vila Maria, Mário Martinez do Canto “ o clube é tradicional na região e que serve muito à comunidade da Vila Maria.  Para mim é uma honra passar o bastão para o meu irmão José Roberto do Canto. Destaco minha gestão como  excelente, procurei focar bastante no companheirismo e nos projetos sociais como a reforma do Colégio Paulo Edydio  e a Casa Dom Macário. O projeto do Colégio Paulo Edydio   teve início na gestão do Ruy Caccia, na minha gestão conseguimos arrecadar verbas, fizemos o planejamento, começamos as obras de uma sala e dos banheiros, e agora na gestão do meu irmão buscaremos parceiros  para a reforma da escola inteira. Pretendemos fazer disso um ‘case’ e levar essa ideia para os demais clubes de Rotary”.

Para Mario a junção entre dois distritos proporciona transformação e inovação para o Rotary. “Essa junção ajudará bastante nos custos adicionais dos clubes. Assim como toda a empresa, o Rotary tem suas despesas e taxas”.   

Para o past-governador Juvenal Antonio da Silva, “a transmissão de posse é muito importante porque o Rotary é dinâmico e se renova a cada ano, e os líderes vêm com mais entusiasmo. Todo ano temos um novo lema e um pessoal motivado para fazer essa roda girar. O Rotary Club-Vila Maria é um dos pilares do nosso Distrito. Neste ano rotário, estamos surgindo com uma nova etapa que é a junção dos distritos 4430 e 4410. No início será difícil porque ambos são próximos territorialmente mas distantes na questão de relacionamento. Com o tempo, a governadora Maria Lucia Strazzeri conseguirá unir todos os clubes com muito êxito”.

Juvenal deixou uma mensagem de otimismo e sucesso para o novo presidente do Rotary-Vila, Maria José Roberto Martinez do Canto. “Desejo muito otimismo e que ele dê continuidade ao que o irmão Mario Martinez do Canto fez”.

Já para o subprefeito de Vila Maria/Vila Guilherme, Dário José Barreto “o Rotary é uma instituição circular que auxilia muito a comunidade, a Prefeitura e as subprefeituras. Essa integração é muito importante para ajudar naquilo que a Prefeitura infelizmente não consegue realizar. E o clube da Vila Maria é bastante tradicional na Zona Norte e na cidade de São Paulo, é bem quisto e composto por grandes empresários. O clube tem ajudado bastante a nossa comunidade, como a  Casa Dom Macário e a Escola Estadual Paulo Egydio. A minha mensagem para o Roberto é sucesso, ele é bastante competente”.

Para o presidente do Rotary Club de São Paulo (RCSP)-Norte, coronel Raugeston Bizarria “a transmissão de posse é algo natural dentro da instituição. A roda gira no processo de um ano, tempo suficiente para que cada presidente e sua equipe excutem os projetos agendados e terminem também aqueles que já começaram”.

Bizzaria falou da convivência entre o Rotary-Norte e  Rotary-Vila Maria. “Essa convivência entre padrinhos e afiliados dá a oportunidade de oferecer e desenvolver vários outros projetos. Por isso, é importante participarmos não só da transmissão de posse do presidente, mas também da equipe que entra”.

Raugeston Bizarria ressaltou a expectativa da sua gestão. “A nossa meta é primeiramente dar continuidade aos projetos que o Rotary-Norte executa, entre eles, a Camp Norte.

Nosso objetivo é fortalecer esse processo de melhoria da escola profissionalizante. O foco da gestão neste ano rotário será educação, segurança e juventude. Os projetos já foram listados e discutidos, desde a elaboração do nosso Plano Diretor”.

Bizarria também deixou uma mensagem para o presidente José Roberto do Canto. “Desejo muito sucesso e sorte nesta continuidade e no fortalecimento do Rotary-Vila Maria. O clube é extremamente forte, que o clube tenha mais projeção na comunidade”.

De acordo com o past-governador Paschoal Leardini “a transmissão de posse entre os presidentes acontece no mundo inteiro em mais de 35 mil clubes. É importante porque é uma renovação, motivação e um novo lema que os clubes trabalham para atender as necessidades da comunidade. O Vila Maria é um clube que temos que prestigiar porque é um clube de destaque no nosso Distrito e sempre fazendo grandes projetos para a sociedade.   Entre os projetos relevantes do clube está a reestruturação do Colégio Paulo Egydio. Minha mensagem para o presidente Roberto do Canto é de harmonia e motivação para que exista comprometimento entre os companheiros”.

Para o past-governador Paulo Eduardo de Barros Fonseca “a transmissão de posse é um ato simbólico e importante, pois as tarefas serão trocadas, alguém que comandou o clube até agora, volta a ser um rotariano. E esse rotariano terá grande bagagem e será mais experiente. Quem assume vem com a expectativa de continuar a realizar um bom trabalho. Certamente, o Roberto dará continuidade ao trabalho do irmão Mario Martinez do Canto.  Sou muito grato ao Mario do Canto, o parabenizo pela forma com que ele conduziu o clube. Já ao Roberto do Canto desejo sorte e muitas felicidade. Que ele tenha uma gestão profícua e que daqui a um ano possamos dizer que ele realizou um excelente trabalho”.

Presente na solenidade de posse, a vereadora Adriana Ramalho, ressaltou a importância do Rotary para a comunidade. “Para mim é uma imensa felicidade estar adentrando neste universo, pois essa representatividade é importante para a Nação, principalmente para o Município de São Paulo. Infelizmente nós estamos cada vez mais perdendo as referências de boas práticas e atitudes. E o Rotary é essa referência positiva que nós precisamos ter como exemplo para a sociedade. Então, estar aqui na posse do José Roberto é uma honra. Esta noite desejo todas as bênçãos e sucesso a todos os integrantes deste clube.   Escolhi a Vila Maria, Vila Guilherme e Santana para serem as regiões de trabalho do mandato. E a Vila Maria tem uma grande referência política que é a de Jânio Quadros. Espero que eu consiga suprir as expectativas da comunidade”.

Já para o past-presidente do Rotary-Vila Maria, Ruy Caccia “a transição de cargos é muito importante porque hoje estamos no auge, e amanhã somos os guardadores do tempo. Então, essa transição ensina muito em termos de humildade.   Nós pregamos o trabalho para a comunidade, assim como estamos fazendo uma grande reforma no Colégio Paulo Egydio, que eu tive a satisfação de iniciar. Alguns companheiros do nosso clube passaram por lá. É tão triste ver a decadência no qual passamos no setor de educação, em especial nesta tradicional escola da região. Comecei a reforma pela sala de jiu-jítsu, propus o início de uma reforma que o Mário e o Roberto do Canto tornaram um projeto gigantesco”.

Ruy também falou do papel do Rotary para a sociedade. “O Rotary é o elo que falta para que os serviços cheguem à comunidade. São pessoas pensantes que têm a capacidade de transformação, que é o que o Brasil e o mundo precisam”.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!