SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Bairro do Limão faz aniversário em 1º de outubro

Limão é um distrito de São Paulo situado na Zona Norte do Município. Pertencente à Subprefeitura da Casa Verde

Limão é um distrito de São Paulo situado na Zona Norte do Município. Pertencente à Subprefeitura da Casa Verde, no dia 1º de outubro estará completando 97 anos. Em meados do século 19 essa região que compreende Bairro do Limão e adjacências não passava de um vasto terreno ocupado por sítio e chácaras. A região começou a ser habitada pelos antigos da Freguesia do Ó. Nessa época, contam os antigos, foi encontrado um pé de limão bravo, bem na divisa dos dois bairros, daí o nome de Bairro do Limão. Antes de ser loteado, já existia alguns sítios no local, mas foi somente em 1921, que uma empresa imobiliária, a Matheus Bei, o loteou. Na década de 1930, entretanto, é que se intensificou a instalação das primeiras famílias no bairro, dentre elas, as do: Coronel Tristão, Siqueira; Penteado, Pedroso, depois vieram as famílias Primon, Gios, Cavallini, de Morais, Mendes de Oliveira, Figueiredo, Apolinário, Cápua. Logo depois o Limão começou a se desenvolver e, em 1939, já era criada a Paróquia de Santo Antônio do Limão. Foi em 1935 que chegou a primeira linha de ônibus, era a linha 92, que saia da Barra Funda e ia até a Vila Santa Maria, passando pelo Limão. Em 1954, a linha 78, que ia até a Barra Funda, vindo do centro, passou a subir até o Limão. Já em 1964, a antiga linha 78 passou a ser a 922, que ligou o bairro ao Jardim Paulista.

Pela Lei n.º 8.092 de 28 de fevereiro de 1964, o Limão passou a ser o 44º subdistrito do Município de São Paulo, mas foi instalado somente em 17 de janeiro de 1964. O que trouxe benefícios ao bairro foi a Sociedade Amigos do Bairro do Limão, fundada em 1953. A área deste subdistrito é de aproximadamente 5 km2 e abrange vários bairros como: Munhoz, Vila Barbosa, Vila Carbone, Vila Carolina, Corumbé, Vila Cristo Rei, Vila Diva, Vila Espanhola, Jardim das Graças, Vila Itapeva, Limão, Sítio do Morro, Jardim Pereira Leite, Vila Prado, Jardim Primavera, Vila Santa Cândida, Vila Santa Maria, Parque São Luiz, Vila Siqueira. Os bairros mais velhos do subdistrito são: o próprio Limão, de 1921, e a Vila Santa Maria, de 1930. As demais vilas surgiram nas décadas de 1950 e 1960. Há no distrito quatro igrejas católicas, sendo a mais velha, de Santo Antônio do Limão, de 1939. Em 1957, foram criadas a de São Luís Gonzaga de Vila Santa Maria, e a de Santíssima Trindade de Vila Espanhola; a outra é a capela de Santa Cruz de Vila Itapeva. O aniversário do bairro já foi comemorado no dia 13 de novembro, atualmente a sua comemoração acontece no dia 1ºde outubro.

Características

O Limão é uma região de classe média e com grande atividade industrial e foi valorizado após a construção da nova sede do jornal O Estado de São Paulo e de uma unidade do hipermercado Carrefour. É caminho para bairros como Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia e Freguesia do Ó. Suas principais vias são: Avenida Celestino Bourroul, Avenida Deputado Emílio Carlos, Avenida Antônio Munhoz Bonilha, Rua Carolina Soares, Rua Roque de Moraes e Avenida Clávasio Alves da Silva. Existem ainda no distrito vários colégios importantes, como o colégio Padre Moye fundado em 1952 pelas irmãs da Providência de GAP, uma congregação francesa que tem como patrono o beato João Martinho Moye, morto em meados dos anos 1960, vítima de tifo na China.

Infraestrutura e serviços

O Limão conta com uma boa infraestrutura de transportes, possuindo amplas avenidas, das quais se destacam a Avenida Inajar de Souza (no limite oeste com a Freguesia do Ó), a Avenida Celestino Bourrol, a Av. Engennehrio Caetano Álvares, a Av. Nossa Senhora do Ó e a Av. Deputado Emílio Carlos. Há também um posto de saúde, próximo ao Hospital de Vila Nova Cachoeirinha, indústrias, um grande número de residências, boas escolas públicas e particulares e variados serviços, tendo acesso bastante facilitado pela Marginal do Tietê. Nos bairros vizinhos, em especial na Barra Funda, há um grande número de faculdades, como a Uninove e Unip. Constituído a partir de chácaras antigas na região, sua urbanização se inicia principalmente na década de 1930. É vizinho de importantes bairros, como a Lapa, Barra Funda, Freguesia do Ó, Pompéia e Casa Verde. Há um projeto de construção de uma estação de metro em 2012 na região da Freguesia do Ó, vizinha do bairro, o que beneficiará em muito toda a região. Atualmente, há um grande número de condomínios de edifícios sendo construídos na região.

Ponte do Limão

A Ponte do Limão é uma ponte que cruza o Rio Tietê e constitui uma importante obra do sistema viário da Marginal do Tietê, sendo hoje uma das mais movimentadas do mesmo. Ela interliga a porção norte da Avenida Ordem e Progresso, na divisa entre os bairros do Limão e Casa Verde à porção sul da mesma avenida, já no bairro da Barra Funda.

Samba no pé

O bairro tem uma grande tradição carnavalesca, pois nele se localizam as escolas de samba Unidos do Peruche e Mocidade Alegre.

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Unidos do Peruche é uma das mais tradicionais escolas de samba da cidade de São Paulo, criada na década de 1950 a partir de um grupo de amigos que participavam da escola de samba Lavapés. A escola é conhecido como “a filial do samba” e possui em seu pavilhão as mesmas cores da bandeira do Brasil. Nos últimos anos, tem oscilado entre a primeira divisão e o grupo de acesso.

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre é uma escola de samba da cidade de São Paulo. Foi campeã do Grupo Especial várias vezes, e intitula-se a “Morada do Samba”.

Centro cultural

O Centro Cultural Esportivo Padre Moye é um espaço aberto à comunidade, com propostas e valores diferenciados, onde procura oferecer qualidade de vida. Seus profissionais são qualificados e comprometidos com o que oferecem atividades esportivas e culturais.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Bairro do Limão faz aniversário em 1º de outubro

Limão é um distrito de São Paulo situado na Zona Norte do Município. Pertencente à Subprefeitura da Casa Verde, no dia 1º de outubro estará completando 97 anos. Em meados do século 19 essa região que compreende Bairro do Limão e adjacências não passava de um vasto terreno ocupado por sítio e chácaras. A região começou a ser habitada pelos antigos da Freguesia do Ó. Nessa época, contam os antigos, foi encontrado um pé de limão bravo, bem na divisa dos dois bairros, daí o nome de Bairro do Limão. Antes de ser loteado, já existia alguns sítios no local, mas foi somente em 1921, que uma empresa imobiliária, a Matheus Bei, o loteou. Na década de 1930, entretanto, é que se intensificou a instalação das primeiras famílias no bairro, dentre elas, as do: Coronel Tristão, Siqueira; Penteado, Pedroso, depois vieram as famílias Primon, Gios, Cavallini, de Morais, Mendes de Oliveira, Figueiredo, Apolinário, Cápua. Logo depois o Limão começou a se desenvolver e, em 1939, já era criada a Paróquia de Santo Antônio do Limão. Foi em 1935 que chegou a primeira linha de ônibus, era a linha 92, que saia da Barra Funda e ia até a Vila Santa Maria, passando pelo Limão. Em 1954, a linha 78, que ia até a Barra Funda, vindo do centro, passou a subir até o Limão. Já em 1964, a antiga linha 78 passou a ser a 922, que ligou o bairro ao Jardim Paulista.

Pela Lei n.º 8.092 de 28 de fevereiro de 1964, o Limão passou a ser o 44º subdistrito do Município de São Paulo, mas foi instalado somente em 17 de janeiro de 1964. O que trouxe benefícios ao bairro foi a Sociedade Amigos do Bairro do Limão, fundada em 1953. A área deste subdistrito é de aproximadamente 5 km2 e abrange vários bairros como: Munhoz, Vila Barbosa, Vila Carbone, Vila Carolina, Corumbé, Vila Cristo Rei, Vila Diva, Vila Espanhola, Jardim das Graças, Vila Itapeva, Limão, Sítio do Morro, Jardim Pereira Leite, Vila Prado, Jardim Primavera, Vila Santa Cândida, Vila Santa Maria, Parque São Luiz, Vila Siqueira. Os bairros mais velhos do subdistrito são: o próprio Limão, de 1921, e a Vila Santa Maria, de 1930. As demais vilas surgiram nas décadas de 1950 e 1960. Há no distrito quatro igrejas católicas, sendo a mais velha, de Santo Antônio do Limão, de 1939. Em 1957, foram criadas a de São Luís Gonzaga de Vila Santa Maria, e a de Santíssima Trindade de Vila Espanhola; a outra é a capela de Santa Cruz de Vila Itapeva. O aniversário do bairro já foi comemorado no dia 13 de novembro, atualmente a sua comemoração acontece no dia 1ºde outubro.

Características

O Limão é uma região de classe média e com grande atividade industrial e foi valorizado após a construção da nova sede do jornal O Estado de São Paulo e de uma unidade do hipermercado Carrefour. É caminho para bairros como Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia e Freguesia do Ó. Suas principais vias são: Avenida Celestino Bourroul, Avenida Deputado Emílio Carlos, Avenida Antônio Munhoz Bonilha, Rua Carolina Soares, Rua Roque de Moraes e Avenida Clávasio Alves da Silva. Existem ainda no distrito vários colégios importantes, como o colégio Padre Moye fundado em 1952 pelas irmãs da Providência de GAP, uma congregação francesa que tem como patrono o beato João Martinho Moye, morto em meados dos anos 1960, vítima de tifo na China.

Infraestrutura e serviços

O Limão conta com uma boa infraestrutura de transportes, possuindo amplas avenidas, das quais se destacam a Avenida Inajar de Souza (no limite oeste com a Freguesia do Ó), a Avenida Celestino Bourrol, a Av. Engennehrio Caetano Álvares, a Av. Nossa Senhora do Ó e a Av. Deputado Emílio Carlos. Há também um posto de saúde, próximo ao Hospital de Vila Nova Cachoeirinha, indústrias, um grande número de residências, boas escolas públicas e particulares e variados serviços, tendo acesso bastante facilitado pela Marginal do Tietê. Nos bairros vizinhos, em especial na Barra Funda, há um grande número de faculdades, como a Uninove e Unip. Constituído a partir de chácaras antigas na região, sua urbanização se inicia principalmente na década de 1930. É vizinho de importantes bairros, como a Lapa, Barra Funda, Freguesia do Ó, Pompéia e Casa Verde. Há um projeto de construção de uma estação de metro em 2012 na região da Freguesia do Ó, vizinha do bairro, o que beneficiará em muito toda a região. Atualmente, há um grande número de condomínios de edifícios sendo construídos na região.

Ponte do Limão

A Ponte do Limão é uma ponte que cruza o Rio Tietê e constitui uma importante obra do sistema viário da Marginal do Tietê, sendo hoje uma das mais movimentadas do mesmo. Ela interliga a porção norte da Avenida Ordem e Progresso, na divisa entre os bairros do Limão e Casa Verde à porção sul da mesma avenida, já no bairro da Barra Funda.

Samba no pé

O bairro tem uma grande tradição carnavalesca, pois nele se localizam as escolas de samba Unidos do Peruche e Mocidade Alegre.

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Unidos do Peruche é uma das mais tradicionais escolas de samba da cidade de São Paulo, criada na década de 1950 a partir de um grupo de amigos que participavam da escola de samba Lavapés. A escola é conhecido como “a filial do samba” e possui em seu pavilhão as mesmas cores da bandeira do Brasil. Nos últimos anos, tem oscilado entre a primeira divisão e o grupo de acesso.

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre é uma escola de samba da cidade de São Paulo. Foi campeã do Grupo Especial várias vezes, e intitula-se a “Morada do Samba”.

Centro cultural

O Centro Cultural Esportivo Padre Moye é um espaço aberto à comunidade, com propostas e valores diferenciados, onde procura oferecer qualidade de vida. Seus profissionais são qualificados e comprometidos com o que oferecem atividades esportivas e culturais.

Publicidade