SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Presidente do Sescon-SP em defesa da Reforma Previdenciária

Em editorial da Revista do Sescon-SP, Reynaldo Lima Jr. assim se expressou:

Na primeira sexta-feira de junho recebemos, na sede do Sescon-SP, o secretário especial da Previdência Social, Rogério Marinho, para uma palestra. Aproveitamos a ocasião para, juntos com o Ibracon Nacional, entregar ao senhor Marinho um manifesto de apoio à Reforma da Previdência. No documento, no entanto, não nos limitamos a acreditar que a retomada do crescimento econômico dependa única e exclusivamente da Previdência. São necessárias outras reformas, igualmente importantes, para recolocar a nossa economia de volta aos trilhos do desenvolvimento.

Na ocasião, a explanação do secretário Marinho convergiu com o nosso sentimento de urgência. Precisamos de um governo mais eficiente, mais ágil e menos custoso. Para isso, é possível contar com os recursos tecnológicos, algo que já tem sido explorado e que deve ser ainda mais aprofundado. Um exemplo citado pelo secretário foi o Programa “Meu INSS” que, com o uso de tecnologias, já vem reduzindo as filas e o tempo de atendimento dos segurados.

Nosso manifesto reforça a necessidade de redução da burocracia e do peso dos tributos nos negócios. Não custa lembrar o levantamento do Banco Mundial, segundo o qual as empresas no Brasil gastam 2.000 horas atendendo requisitos burocráticos e, destas, 70% são dedicadas às obrigações acessórias, muitas das quais pedindo informações que já estão sob a posse dos fiscos municipais, estaduais e federais.

Ao invés de burocracia, precisamos de eficiência. Se é possível se surpreender com o atual ambiente de negócios brasileiro, o ineditismo advém da vontade de todos de tornar o País mais produtivo, menos pesado para a população e mais igualitário. Precisamos nos debruçar sobre as reformas para recuperar os empregos perdidos nos últimos anos. Não podemos esquecer dos quase 13 milhões de desempregados, da educação precária oferecida às nossas crianças e adolescentes e da necessidade de acolher os nossos idosos. Por isso as reformas são tão importantes e urgentes. A nossa sociedade não tem mais tempo para esperar.

* Presidente do Sescon-SP

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no LinkeDin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Presidente do Sescon-SP em defesa da Reforma Previdenciária

Na primeira sexta-feira de junho recebemos, na sede do Sescon-SP, o secretário especial da Previdência Social, Rogério Marinho, para uma palestra. Aproveitamos a ocasião para, juntos com o Ibracon Nacional, entregar ao senhor Marinho um manifesto de apoio à Reforma da Previdência. No documento, no entanto, não nos limitamos a acreditar que a retomada do crescimento econômico dependa única e exclusivamente da Previdência. São necessárias outras reformas, igualmente importantes, para recolocar a nossa economia de volta aos trilhos do desenvolvimento.

Na ocasião, a explanação do secretário Marinho convergiu com o nosso sentimento de urgência. Precisamos de um governo mais eficiente, mais ágil e menos custoso. Para isso, é possível contar com os recursos tecnológicos, algo que já tem sido explorado e que deve ser ainda mais aprofundado. Um exemplo citado pelo secretário foi o Programa “Meu INSS” que, com o uso de tecnologias, já vem reduzindo as filas e o tempo de atendimento dos segurados.

Nosso manifesto reforça a necessidade de redução da burocracia e do peso dos tributos nos negócios. Não custa lembrar o levantamento do Banco Mundial, segundo o qual as empresas no Brasil gastam 2.000 horas atendendo requisitos burocráticos e, destas, 70% são dedicadas às obrigações acessórias, muitas das quais pedindo informações que já estão sob a posse dos fiscos municipais, estaduais e federais.

Ao invés de burocracia, precisamos de eficiência. Se é possível se surpreender com o atual ambiente de negócios brasileiro, o ineditismo advém da vontade de todos de tornar o País mais produtivo, menos pesado para a população e mais igualitário. Precisamos nos debruçar sobre as reformas para recuperar os empregos perdidos nos últimos anos. Não podemos esquecer dos quase 13 milhões de desempregados, da educação precária oferecida às nossas crianças e adolescentes e da necessidade de acolher os nossos idosos. Por isso as reformas são tão importantes e urgentes. A nossa sociedade não tem mais tempo para esperar.

* Presidente do Sescon-SP

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Publicidade