SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo envia ofício à redação do Semanário

Na data de 25 de junho, recebemos ofício da Alesp, com o seguinte teor:

Na data de 25 de junho, recebemos ofício da Alesp, com o seguinte teor:

                       

 

SGP – P n.º 48/2019

 

 

São Paulo, 25 de junho de 2019

 

Ao Senhor

João Carlos Dias

Diretor do Jornal Semanário da Zona Norte

 

Assunto: Pronunciamento Deputado Coronel Telhada

 

Senhor Diretor,

De ordem do Sr. Presidente, cumpro o dever de levar ao conhecimento de Vossa Senhoria o inteiro teor do pronunciamento proferido pelo Deputado Coronel Telhada, na 38ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa, realizada em 10 de maio corrente.

Aproveito o ensejo para renovar meus protestos de estima e consideração.

Rodrigo Del Nero

Secretário Geral Parlamentar

 

Divisão de Taquigrafia      38ª SO Sessão Ordinária      10/05/2019

 

O SR. CORONEL TELHADA - PP - Sra. Presidente, Srs. Deputados, fico triste novamente de ver essa Casa vazia numa sexta-feira. É o que eu falei: no começo, aquele embalo, todo mundo chega. Começa a passar o tempo, nós vamos ficando sozinhos na sexta-feira de novo aqui. Mas nós estamos acostumados com isso; vamos trabalhar.

Quero aqui cumprimentar o Major Mecca e dizer do nosso reconhecimento pelo trabalho dele. E dizer que a gente está junto nessa batalha aqui na Assembleia Legislativa.

Hoje é dia 10 de Maio. É um dia importante para a Polícia Militar. Por quê? Porque hoje, não é que se comemora, hoje se lembra da morte do nosso herói maior da Polícia Militar, o capitão Alberto Mendes Júnior, que foi assassinado aos 23 anos, dentro de uma gruta, de uma caverna, lá na zona do Vale do Ribeira.

Ele foi assassinado a coronhas de fuzil, um menino com 23 anos, justo no Dia das Mães, que naquele ano caiu em 10 de maio de 1970. Era um domingo o dia que ele foi assassinado e se preparava para voltar para casa para encontrar com a mãe dele. A mãe não o recebeu. Quem matou Alberto Mendes Júnior? Um desertor e um traidor do Exército, chamado Carlos Lamarca, uma vergonha para o Exército brasileiro, era capitão. Foi esse facínora que assassinou esse oficial.

Depois o pessoal da esquerda vem falar que lutavam pela liberdade. Como luta pela liberdade matando um menino a coronhada? Depois vem me falar em tortura, vem falar um monte de merda aqui, que a gente sabe que não é verdade, porque cometeram crimes horrorosos e agora querem sentar em cima e apontar o dedo para os outros.

Está aqui a figura do capitão Alberto Mendes Júnior, outros militares, outros guardas civis das Forças Armadas, das Polícias Militares, que foram assassinados pela esquerda. Eles não fazem questão nenhuma de lembrar, mas é claro, não querem mostrar as sujeiras que fizeram no Brasil. Mas nós lembramos aqui. Estivemos na Rota pela manhã, em um evento em homenagem ao capitão Alberto Mendes Júnior.

Hoje também é comemorado o Dia da Arma de Cavalaria. Saindo daqui, nós vamos para um evento, porque hoje é a formatura do pessoal da SAP, e em seguida nós iremos passar no Regime de Cavalaria, porque vai ser comemorado hoje o Dia da Cavalaria, e nós estaremos lá, no Regimento Nove de Julho, dando um abraço a todos os nossos irmãos cavalarianos.

Nós temos também aqui uma exposição de arte. Meu gabinete sempre valoriza e participa das exposições de arte aqui na Casa. Nós estamos com uma exposição aqui chamada “Construir uma Nova Era”. A arte é cubismo, para aqueles que curtem arte. A arte é cubismo, é muito bacana de se ver, é da nossa amiga Denise Kovalski, que está com essa apresentação dessa obra aqui na Assembleia Legislativa.

Também quero lembrar aqui que hoje se comemoram os 20 anos de um importante veículo aqui da Zona Norte, o Semanário da Zona Norte, do nosso amigo João Carlos Dias. O semanário da Zona Norte, quando a gente estava na Rota - não é, Mecca? - trabalhava muito com a gente, fazia muitas reportagens. Um abraço ao João Carlos Dias e a toda sua equipe. Pode notar que, inclusive, até hoje continuam as reportagens da Rota, do Exército. Eles têm uma participação muito boa com as forças de Segurança. 

Então, meu abraço ao João Carlos Dias, e toda equipe do jornal Semanário da Zona Norte, pelos 20 anos de criação. A primeira edição foi no dia oito de maio de 1999, com uma matéria sobre o Conseg da Vila Guilherme. 

Aliás, o Delegado Olim fez hoje uma sessão solene dos Consegs. Nós não estivemos presentes, porque nós estávamos, justamente, lá na Rota, e não pudemos participar. Então, um abraço a todos os presidentes de Conseg, a todos os amigos que têm se sacrificado, suas horas de folga, é um serviço gratuito, mas muito importante para a sociedade de São Paulo, e muito importante para a Segurança. 

Para finalizar, Sra. Presidente, queria mandar um lembrete aqui para todos os amigos, principalmente os policiais militares, policiais civis, os amigos das instituições. Eu tive um probleminha hoje na Rota com um cidadão lá, que anda se dizendo amigo de todo mundo. Quando a gente é deputado - não é, Giannazi, Mecca? - todo mundo quer ser nosso amigo.

Quando nós estamos com problema, ninguém quer ser nosso amigo. Na hora que você está bem, todo mundo quer ser seu amigo, e esse cidadão é um famoso embusteiro, que se apresenta nos quartéis, dizendo um monte de impropérios, e depois faz áudios criticando a mim, criticando outros deputados, criticando o governador. 

Porque assim, a pessoa quando você não faz o que ela quer, ela te critica, quando você faz, você é um anjo, se você não faz, você é um demônio, mas tudo bem, a gente está acostumado. Já estamos no segundo mandato de deputados e estamos acostumados, mas eu queria avisar os amigos da Polícia Militar e a todos que nos assistem. Cuidado com quem vocês veem na internet. Prestem atenção. Quando chegar uma notícia, vai ver

realmente o que é aquilo, quem faz a acusação, por que faz. Porque, às vezes a pessoa ouve uma besteira, ouve uma mentira e acredita, e a gente, que tem uma vida limpa, ilibada, com mais de 40 anos de serviço público, fica preocupado quando vê que as pessoas estão sendo enganadas.

Sra. Presidente, Janaina Paschoal, muito obrigado. Eu solicito a V. Exa. que as minhas palavras com referência ao Semanário da Zona Norte sejam encaminhadas ao Sr. João Carlos Dias, que é o presidente do jornal Semanário da Zona Norte; e também, encaminhadas ao senhor comandante da Rota e ao senhor comandante da Cavalaria, quanto ao dia do capitão Alberto Mendes Junior e quanto ao Dia da Cavalaria.

Muito obrigado, Sra. Presidente.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no LinkeDin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo envia ofício à redação do Semanário

Na data de 25 de junho, recebemos ofício da Alesp, com o seguinte teor:

                       

 

SGP – P n.º 48/2019

 

 

São Paulo, 25 de junho de 2019

 

Ao Senhor

João Carlos Dias

Diretor do Jornal Semanário da Zona Norte

 

Assunto: Pronunciamento Deputado Coronel Telhada

 

Senhor Diretor,

De ordem do Sr. Presidente, cumpro o dever de levar ao conhecimento de Vossa Senhoria o inteiro teor do pronunciamento proferido pelo Deputado Coronel Telhada, na 38ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa, realizada em 10 de maio corrente.

Aproveito o ensejo para renovar meus protestos de estima e consideração.

Rodrigo Del Nero

Secretário Geral Parlamentar

 

Divisão de Taquigrafia      38ª SO Sessão Ordinária      10/05/2019

 

O SR. CORONEL TELHADA - PP - Sra. Presidente, Srs. Deputados, fico triste novamente de ver essa Casa vazia numa sexta-feira. É o que eu falei: no começo, aquele embalo, todo mundo chega. Começa a passar o tempo, nós vamos ficando sozinhos na sexta-feira de novo aqui. Mas nós estamos acostumados com isso; vamos trabalhar.

Quero aqui cumprimentar o Major Mecca e dizer do nosso reconhecimento pelo trabalho dele. E dizer que a gente está junto nessa batalha aqui na Assembleia Legislativa.

Hoje é dia 10 de Maio. É um dia importante para a Polícia Militar. Por quê? Porque hoje, não é que se comemora, hoje se lembra da morte do nosso herói maior da Polícia Militar, o capitão Alberto Mendes Júnior, que foi assassinado aos 23 anos, dentro de uma gruta, de uma caverna, lá na zona do Vale do Ribeira.

Ele foi assassinado a coronhas de fuzil, um menino com 23 anos, justo no Dia das Mães, que naquele ano caiu em 10 de maio de 1970. Era um domingo o dia que ele foi assassinado e se preparava para voltar para casa para encontrar com a mãe dele. A mãe não o recebeu. Quem matou Alberto Mendes Júnior? Um desertor e um traidor do Exército, chamado Carlos Lamarca, uma vergonha para o Exército brasileiro, era capitão. Foi esse facínora que assassinou esse oficial.

Depois o pessoal da esquerda vem falar que lutavam pela liberdade. Como luta pela liberdade matando um menino a coronhada? Depois vem me falar em tortura, vem falar um monte de merda aqui, que a gente sabe que não é verdade, porque cometeram crimes horrorosos e agora querem sentar em cima e apontar o dedo para os outros.

Está aqui a figura do capitão Alberto Mendes Júnior, outros militares, outros guardas civis das Forças Armadas, das Polícias Militares, que foram assassinados pela esquerda. Eles não fazem questão nenhuma de lembrar, mas é claro, não querem mostrar as sujeiras que fizeram no Brasil. Mas nós lembramos aqui. Estivemos na Rota pela manhã, em um evento em homenagem ao capitão Alberto Mendes Júnior.

Hoje também é comemorado o Dia da Arma de Cavalaria. Saindo daqui, nós vamos para um evento, porque hoje é a formatura do pessoal da SAP, e em seguida nós iremos passar no Regime de Cavalaria, porque vai ser comemorado hoje o Dia da Cavalaria, e nós estaremos lá, no Regimento Nove de Julho, dando um abraço a todos os nossos irmãos cavalarianos.

Nós temos também aqui uma exposição de arte. Meu gabinete sempre valoriza e participa das exposições de arte aqui na Casa. Nós estamos com uma exposição aqui chamada “Construir uma Nova Era”. A arte é cubismo, para aqueles que curtem arte. A arte é cubismo, é muito bacana de se ver, é da nossa amiga Denise Kovalski, que está com essa apresentação dessa obra aqui na Assembleia Legislativa.

Também quero lembrar aqui que hoje se comemoram os 20 anos de um importante veículo aqui da Zona Norte, o Semanário da Zona Norte, do nosso amigo João Carlos Dias. O semanário da Zona Norte, quando a gente estava na Rota - não é, Mecca? - trabalhava muito com a gente, fazia muitas reportagens. Um abraço ao João Carlos Dias e a toda sua equipe. Pode notar que, inclusive, até hoje continuam as reportagens da Rota, do Exército. Eles têm uma participação muito boa com as forças de Segurança. 

Então, meu abraço ao João Carlos Dias, e toda equipe do jornal Semanário da Zona Norte, pelos 20 anos de criação. A primeira edição foi no dia oito de maio de 1999, com uma matéria sobre o Conseg da Vila Guilherme. 

Aliás, o Delegado Olim fez hoje uma sessão solene dos Consegs. Nós não estivemos presentes, porque nós estávamos, justamente, lá na Rota, e não pudemos participar. Então, um abraço a todos os presidentes de Conseg, a todos os amigos que têm se sacrificado, suas horas de folga, é um serviço gratuito, mas muito importante para a sociedade de São Paulo, e muito importante para a Segurança. 

Para finalizar, Sra. Presidente, queria mandar um lembrete aqui para todos os amigos, principalmente os policiais militares, policiais civis, os amigos das instituições. Eu tive um probleminha hoje na Rota com um cidadão lá, que anda se dizendo amigo de todo mundo. Quando a gente é deputado - não é, Giannazi, Mecca? - todo mundo quer ser nosso amigo.

Quando nós estamos com problema, ninguém quer ser nosso amigo. Na hora que você está bem, todo mundo quer ser seu amigo, e esse cidadão é um famoso embusteiro, que se apresenta nos quartéis, dizendo um monte de impropérios, e depois faz áudios criticando a mim, criticando outros deputados, criticando o governador. 

Porque assim, a pessoa quando você não faz o que ela quer, ela te critica, quando você faz, você é um anjo, se você não faz, você é um demônio, mas tudo bem, a gente está acostumado. Já estamos no segundo mandato de deputados e estamos acostumados, mas eu queria avisar os amigos da Polícia Militar e a todos que nos assistem. Cuidado com quem vocês veem na internet. Prestem atenção. Quando chegar uma notícia, vai ver

realmente o que é aquilo, quem faz a acusação, por que faz. Porque, às vezes a pessoa ouve uma besteira, ouve uma mentira e acredita, e a gente, que tem uma vida limpa, ilibada, com mais de 40 anos de serviço público, fica preocupado quando vê que as pessoas estão sendo enganadas.

Sra. Presidente, Janaina Paschoal, muito obrigado. Eu solicito a V. Exa. que as minhas palavras com referência ao Semanário da Zona Norte sejam encaminhadas ao Sr. João Carlos Dias, que é o presidente do jornal Semanário da Zona Norte; e também, encaminhadas ao senhor comandante da Rota e ao senhor comandante da Cavalaria, quanto ao dia do capitão Alberto Mendes Junior e quanto ao Dia da Cavalaria.

Muito obrigado, Sra. Presidente.

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Publicidade