SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Vote em candidatos que defendam os interesses da sua região

Estamos há um mês de mais uma eleição

Estamos há um  mês de mais uma eleição, e nesta elegeremos novos deputados estaduais, federais, senadores e presidente da República. E o que isso muda na sua vida?

Talvez você não se lembre em quem votou nas últimas eleições, porém é preciso estar atento em quem irá votar desta vez, pois atualmente o pais vive uma das suas piores crises, tanto economicamente, quanto moralmente. Diante deste triste cenário, vejo que o país necessita de representantes que deem um “choque institucional”, que venham com mudanças bruscas para quem sabe, colocarem a nação nos eixos novamente.

Temos que ressaltar a importância de elegermos candidatos que conheçam verdadeiramente a nossa região, os nossos problemas e principalmente, a dura realidade vivida nos bairros e nas zonas mais periféricas, pois muitos “candidatos de aluguel” aparecem em regiões que desconhecem, apenas interessados no seu voto. Por isso, antes de votarmos, temos que verificar quem realmente representa a nossa Zona Norte.

Com 1,3 milhões de eleitores, a região é um grande chamariz, e estes “candidatos de aluguel” plantam suas fábulas para atrair os mais simples e necessitados. A estratégia é sempre a mesma, ridicularizar o que está sendo feito, e tentar iludir o eleitor com falsas promessas. A tática é velha, mas tem dado certo (para eles, é claro), tanto que muitas promessas feitas para a região, como o projeto “Arco do Futuro”, que continha obras nos bairros da Vila Maria, Vila Guilherme, Santana, Tucuruvi, Casa Verde, Cachoeirinha, Freguesia do Ó e Brasilândia, não saíram do papel, e o que era para ser “Futuro” acabou caindo no esquecimento, e virou “Passado”.

Por isso, desconfie das falsas promessas, e veja bem a origem do seu candidato, veja se ele é realmente da região, se ele conhece os problemas daqui, pois não podemos mais eleger “aventureiros” e nem “engravatados”, devemos sim, eleger pessoas, que não tenham medo de “pisar na lama” e ver a triste realidade que estamos vivendo.

* João Carlos Dias, Diretor-responsável do jornal Semanário da Zona Norte

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Vote em candidatos que defendam os interesses da sua região

Estamos há um  mês de mais uma eleição, e nesta elegeremos novos deputados estaduais, federais, senadores e presidente da República. E o que isso muda na sua vida?

Talvez você não se lembre em quem votou nas últimas eleições, porém é preciso estar atento em quem irá votar desta vez, pois atualmente o pais vive uma das suas piores crises, tanto economicamente, quanto moralmente. Diante deste triste cenário, vejo que o país necessita de representantes que deem um “choque institucional”, que venham com mudanças bruscas para quem sabe, colocarem a nação nos eixos novamente.

Temos que ressaltar a importância de elegermos candidatos que conheçam verdadeiramente a nossa região, os nossos problemas e principalmente, a dura realidade vivida nos bairros e nas zonas mais periféricas, pois muitos “candidatos de aluguel” aparecem em regiões que desconhecem, apenas interessados no seu voto. Por isso, antes de votarmos, temos que verificar quem realmente representa a nossa Zona Norte.

Com 1,3 milhões de eleitores, a região é um grande chamariz, e estes “candidatos de aluguel” plantam suas fábulas para atrair os mais simples e necessitados. A estratégia é sempre a mesma, ridicularizar o que está sendo feito, e tentar iludir o eleitor com falsas promessas. A tática é velha, mas tem dado certo (para eles, é claro), tanto que muitas promessas feitas para a região, como o projeto “Arco do Futuro”, que continha obras nos bairros da Vila Maria, Vila Guilherme, Santana, Tucuruvi, Casa Verde, Cachoeirinha, Freguesia do Ó e Brasilândia, não saíram do papel, e o que era para ser “Futuro” acabou caindo no esquecimento, e virou “Passado”.

Por isso, desconfie das falsas promessas, e veja bem a origem do seu candidato, veja se ele é realmente da região, se ele conhece os problemas daqui, pois não podemos mais eleger “aventureiros” e nem “engravatados”, devemos sim, eleger pessoas, que não tenham medo de “pisar na lama” e ver a triste realidade que estamos vivendo.

* João Carlos Dias, Diretor-responsável do jornal Semanário da Zona Norte

Publicidade