SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Geral

Semanário da Zona Norte comemora 23 anos com uma grande festa no Novotel Center Norte

A noite de comemoração e homenagens aconteceu na terça-feira, dia 10 de maio

Semanário da Zona Norte comemora 23 anos com uma grande festa no Novotel Center Norte
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma noite de homenagens e emoções marcaram a solenidade em comemoração ao 23º aniversário do jornal Semanário da Zona Norte, na terça-feira, dia 10 de maio, no Novotel Center Norte.

O evento, que teve a presença do prefeito de São Paulo Ricardo Nunes e sua esposa Regina Carnovale Nunes, reuniu autoridades, empresários de vários setores e instituições, e convidados. 

Na ocasião, o diretor do jornal João Carlos Dias recebeu diversas homenagens e honrarias  de entidades militares, civis e políticas pelos relevantes serviços prestados à comunidade.

Fundado em abril de 1999, o jornal é referência na Zona Norte. O veículo de comunicação nasceu com o sonho de dedicar-se aos problemas e encontrar soluções para a melhoria de vida da população que reside na região. O Semanário é mais que um simples jornal de bairro, ele é leitura obrigatória e sinônimo da boa informação.

E nesta noite tão especial, inúmeras mensagens de afeto e carinho foram demonstradas à equipe do jornal que sempre apoiou e enalteceu as instituições públicas e privadas, bem como as pessoas físicas.

Para o ex-comandante-geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, cel. PM Ricardo Gambaroni, “o Semanário da Zona Norte faz um papel integrador com todas as forças políticas do Município e Estado levando ao cidadão as demandas que são importantes para o poder público para ele continuar exercendo suas atividades e também prestigiando os órgãos que desempenham seu papel na defesa da sociedade. E o jornal mantém esse papel há 23 anos, muitos veículos de comunicação não sobreviveram. O Semanário da Zona Norte vem se fortalecendo, sendo respeitado e portador de informações verdadeiras sem cunho partidário. Isso faz com que a gente venha prestigiar o jornal no aniversário de 23 anos.  O Semanário da Zona Norte é um exemplo de profissionalismo, haja vista o número de autoridades aqui presentes nesta homenagem. O jornal é bastante representativo e muitos problemas são resolvidos aqui de uma maneira familiar e por vinculo de amizade, que é uma característica do jornal.

Precisamos de pessoas e profissionais que tenham a voz forte e tragam as demandas da sociedade sem medo e sem falsas palavras. Apesar de, teoricamente, estar localizado de forma regional, ele tem uma amplitude maior do que a proposta inicial, graças essa transparência.

Acredito que o trabalho do Semanário possui um grande reconhecimento divino”.

Para o empresário Fernando Moreno, “o jornal Semanário da Zona Norte nos mostra uma leitura diversificada e, principalmente, de qualidade. É imensurável a felicidade de ver um trabalho como esse trazendo tantos bons resultados e agradando aos que são a razão maior dessa dedicação toda, os leitores. Quando as coisas são feitas com profissionalismo, dedicação, carinho e responsabilidade ao repassar informação, o êxito é garantido como está acontecendo neste 23º ano de atividades. Parabéns, meu amigo e irmão João Carlos Dias e a toda equipe do Semanário pelo maravilhoso trabalho em prol da nossa querida e amada Zona Norte!”

Já para o advogado e procurador do município de Barueri, Marcos Porto, “é uma grande vitória celebrar esses 23 anos de existência. O diferencial do Semanário da Zona Norte é reunir num único evento autoridades e instituições de vários setores. Apesar da crise que os veículos de comunicação impresso enfrentam, o jornal através do seu diretor João Carlos Dias, consegue transcender esse momento”.

Presente na solenidade, o coronel PM Vanderlei Ramos,  chefe de Gabinete do Comando Geral da Polícia Militar, assim se expressaou: “o Semanário da Zona Norte é uma referência de veículo de comunicação e informação para a sociedade.  O jornal realmente informa e traz credibilidade para os seus leitores. Ele também consegue congraçar e reunir as forças vivas da sociedade. É fantástico o trabalho que o diretor do jornal, João Carlos faz. E acima de tudo, o João Carlos, apoia e prestigia autoridades e instituições da cidade de São Paulo e da Zona Norte. Ele extrapola  e é institucional. O jornal ainda sobreviveu à pandemia de coronavírus e dedicou mais de uma página à Polícia Militar com noticias e divulgação sobre o assunto para que as informações de prevenção chegassem à toda sociedade e aos policiais militares. É um sentimento de gratidão. Desejo muito sucesso”.  

Para o subprefeito do Jaçanã/Tremembé, Dário José Barreto, “é um prazer poder participar desta comemoração dos 23 anos do jornal, juntamente com o seu diretor João Carlos Dias. Ele tem ajudado muito a Subprefeitura. Espero que possamos estar aqui por mais muitos e muitos anos juntos. Parabéns João e a toda equipe do jornal”.

Para o past-governador de Rotary, Paulo Eduardo de Barros Fonseca, “o Semanário da Zona Norte representa a imprensa que todo cidadão gostaria de ter. Aquela que traz as necessidades da comunidade procurando resolvê-las. O jornal faz um trabalho sério e com muita responsabilidade há 23 anos levando informação de qualidade para toda cidade de São Paulo”. 

De acordo com o diretor comercial do Grupo São Cristóvão Saúde, Ronaldo Martins “a nossa população carece de educação e cultura. Então, o Semanário da Zona Norte possui uma linguagem muito acessível e a forma que são publicadas as matérias favorece o leitor com uma boa leitura. É uma honra estar prestigiando o aniversário de 23 anos do jornal na pessoa do seu diretor João Carlos Dias. Que ele continue nessa luta e com esse trabalho de passar informações fidedignas a todos os níveis sociais da Zona Norte e de outras regiões. Sucesso sempre!”.

Para o cel. intendente Waldemar Roberto Cabral Jorri, “o Semanário da Zona Norte tem uma importância muito grande na nossa região. O jornal é um dos poucos que consegue congregar várias instituições à nossa sociedade. É um veículo de comunicação que está sempre preocupado com o bem estar da Zona Norte, muito atento ao que acontece aqui na região e cobra quem tem que ser cobrado. Estou muito feliz em estar comemorando esses 23 anos junto com toda a equipe do jornal. É um momento muito agradável após esses últimos 2 anos   que foram extremamente delicados”.

Para o advogado Humberto D’Urso. “hoje é um dia festivo. São 23 anos do nosso jornal Semanário da Zona  Norte. Veículo de comunicação importante não só para a Zona Norte, mas também para toda cidade de São Paulo. Ele traz informações de utilidade pública e mensagens históricas, além de ser um jornal que reivindica a situação que outros não conseguem. O Semanário é um jornal corajoso sem “rabo preso” no bom sentido, fato  que não encontramos em outros veículos devido a várias circunstâncias. É um orgulho para nós leitores e colunistas do jornal a participação deste grande veículo de mídia impressa. Desejo parabéns e que venham mais 23 anos de Semanário. Agradeço também pelo espaço que o diretor João Carlos Dias nos dá no jornal. É uma satisfação estar aqui presente prestigiando e batendo palmas pelo trabalho que vocês fazem”.

Para José Renato Nalini, reitor da Uniregistral, docente da Pós-Graduação da Uninove e presidente da Academia Paulista de Letras - 2021-2022. “o Semanário da Zona Norte é um jornal que comtempla a vida dessa região tão pulsante e dinâmica. A grande mídia espontânea trabalha com releases e com as mesmas notícias onde as manchetes  se coincidem. Enquanto o necessário e aquilo que realmente interessa, é a vida local. 

O Semanário divulga as causas nobres, prestigia as instituições, enfatiza os valores que enaltecem o melhor da nacionalidade. Suas páginas estão abertas à Justiça, às políticas públicas, ao terceiro setor, à educação e a tudo aquilo que realmente interessa ao constante aprimoramento do convívio.

Os vinte e três anos de existência do Semanário da Zona Norte adquirem singular significado nesta era tão insólita. Toda a mídia enfrenta dificuldades agravadas pelo conjunto de crises que assola o planeta e avalia-se a luta do valente e dinâmico João Carlos Dias, a comandar seu jornal. Defensor da democracia e prestigiador das iniciativas que reforçam a crença na harmonização entre os humanos, João é um exemplo de jornalista afeiçoado às mais caras tradições do que de mais valioso a imprensa brasileira já produziu nesta República. Nosso abraço fraterno e a certeza de que a comunidade saberá condignamente celebrar a data, pois o Semanário da Zona Norte é um serviço de valor inestimável para toda São Paulo, a maior cidade da América Latina”.

O juiz Orlando Eduardo Geraldi, presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo parabenizou o trabalho do Semanário da Zona Norte pelos seus 23 anos de existência. “Quero parabenizar o jornal pelos seus 23 anos de existência. O Semanário da Zona Norte é uma referência em termos de jornalismo e divulgação. O Semanário é um jornal muito respeitado na região e na Zona Norte. É um órgão de imprensa com credibilidade. Parabenizo também o João Carlos Dias que dirige o jornal com muita sensibilidade e responsabilidade.  Precisamos de uma imprensa que defenda a região. Parabéns também a toda a equipe do jornal. E neste aniversário nada mais do que rendermos nossas homenagens a esse profissional e a todos os profissionais do Semanário”.

Para a vereadora Edir Sales, “o Semanário é um jornal muito respeitado e um dos maiores da cidade de São Paulo.   É uma alegria muito grande ser amiga do diretor João Carlos Dias. Ele é uma pessoa incrível e um ser humano iluminado. Eu não poderia deixar de estar aqui comemorando essa data tão importante e marcante”.

Já Mário Devienne, desembargador e ex-presidente do TRE, desejou muitas felicidades ao Semanário pelos seus 23 anos de vida. O jornal é um veiculo de comunicação extremamente importante para a comunidade paulista e paulistana. O Semanário traz muita informação a todos que aqui residem e presta um grande serviço de utilidade pública. O diretor João Carlos é uma pessoa muito agregadora. Então, gosto muito de acompanhar as notícias do jornal.  E que ao longo desse tempo tem semanalmente oferecido a seus leitores informações de qualidade, cultura, prestação de serviço e lazer.  Deixo aqui registrado meus efusivos cumprimentos aos seus dirigentes, funcionários, colaboradores, anunciantes e a todos que de alguma forma contribuíram e contribuem para o sucesso desse jornal, capitaneado pelo sério e competente João Carlos Dias”.

Para o CEO do Grupo São Cristóvão Saúde, Valdir Pereira Ventura, “o Semanário leva há 23 anos o conhecimento para toda a população da Zona Norte e da cidade de São Paulo. O jornal sempre traz boas noticias e novidades. É um trabalho significante para nós leitores. Aproveito para agradecer o diretor João Carlos e toda sua equipe pelo excelente trabalho. Sucesso sempre!.”

Para o comandante da Academia de Formação da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo,  inspetor superintendente Marcos Valério Pereira Ferreira, “o diretor do jornal João Carlos Dias é uma pessoa agregadora que consegue reunir pessoas de  diversos setores num mesmo ambiente. Esse trabalho possibilita um grande avanço para a cidade de São Paulo principalmente para a Zona Norte. Eu já tive oportunidade de trabalhar em outras regiões e não me lembro de ter visto um órgão de imprensa com a    estirpe do Semanário da Zona  Norte. Parabéns a toda equipe do jornal”.

Para o subprefeito da Vila Maria/Vila Guilherme, Roberto Godoi, “o Semanário da Zona Norte é tradicional na região. Parabenizo pelos seus 23 anos de fundação. O jornal transmite muita seriedade e comprometimento, além de reunir em seus eventos várias autoridades civis, militares e políticas”.         

Para Maurício Rodrigues Costa, superintendente e perito criminal  da Polícia Técnico-Científica do Estado de São Paulo, “o Semanário possui profissionalismo e qualidade na informação. É um jornal voltado para melhorias. O jornal é um veículo de comunicação que tem como marca o respeito pela família, a ética, a credibilidade, a seriedade e a competência.  Vocês são merecedores de todas as nossas homenagens que hoje estão recebendo e outras que já receberam nesses 23 anos de existência. Caro amigo João Carlos, quero parabenizá-lo pela excelente condução desse importante meio de comunicação, o “jornal Semanário da Zona Norte. Parabéns!”.

O vereador Danilo do Posto destacou sua satisfação em participar do evento em comemoração ao aniversário do jornal. “Parabenizo a toda equipe pelos 23 anos de jornal. O Semanário é um veiculo de comunicação importante para nossa região. Ele se destaca não só na área da imprensa local e sim no papel social”.

Segundo David Fernandes, proprietário da Ótica Voluntários, “o jornal é tradicional na região. É através dele que temos conhecimento das atividades que acabam acontecendo dentro da nossa região. É uma forma da comunidade da Zona Norte acompanhar um pouco mais o dia a dia da região. Eu acompanho  a trajetória do Semanário desde o inicio de suas atividades. A gente realmente vê o sucesso desses 23 anos de existência. É um prazer poder compartilhar este momento de alegria”.

Para o ex-presidente do Clube Esperia, Osmar Monteiro, “o Semanário é um veiculo que está junto com a população, promovendo eventos na nossa região. Realmente é um jornal que representa a Zona Norte”.

Já para  Ricardo Tripoli, ex-secretário da Casa Civil, “o Semanário é um jornal dinâmico e ágil. É um órgão que forma opinião pública e ouve a sociedade, ou seja, tudo que a população precisa. O processo democrático é exatamente isso, ter liberdade de expressão. E o Semanário da Zona Norte faz isso com muita categoria. O jornal também promove eventos com pessoas de várias entidades e partidos políticos. É dessa maneira que contribuimos para que a cidade e o país cresça.  Parabéns a toda equipe”.

Para Elza Paulina de Souza, secretária municipal de Segurança Urbana, “o Semanário é um veiculo de comunicação sério e respeitado. Ele representa o compromisso com o bem comum. O jornal consegue agregar a multidisciplinaridade em todas as pauta, isso é importante porque demonstra que todos juntos podemos fazer a diferença e transformar a nossa sociedade. Quem ganha é a população. Desejo que vocês possam continuar fazendo esse belíssimo trabalho de utilidade pública, levando informação e trazendo consciência e respeito, e acima de tudo, solidariedade para este Município. Que Deus os abençoe e que continuem fazendo esse maravilhoso trabalho com maestria, sabedoria e muito amor”.

Para Luiz Souto Madureira, coordenador político  do deputado estadual Campos Machado, “o Semanário não é apenas um informativo, é um jornal que visa o progresso e o desenvolvimento da Zona Norte. E o João Carlos com seu trabalho e carisma consegue fazer com que muitas autoridades venham até aqui na região e pisem neste chão progressista. Ele realmente trabalha com a alma e o coração”. 

Para o prefeito de Aeronáutica de São Paulo, coronel intendente Andrei Leça Borges, “na verdade não tem Zona Norte sem o Semanário. As histórias se misturam. O jornal permite que membros de todas as entidades se reúnam em prol de melhorias para a população.  Desde que cheguei a São Paulo no ano passado, aprendi com o jornal a gostar desta cidade. Espero estar aqui nos próximos anos comemorando o aniversário do  Semanário da Zona Norte. Realmente, o jornal  faz  parte da história da Aeronáutica”.

Já para o comandante do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva e diretor do Colégio Militar, coronel Maurício Vieira Gama, “o Semanário cumpre um papel importante para a Zona Norte  em divulgar e mostrar as necessidades da região aos órgãos competentes. Acredito que o jornal seja o porta voz da demandas da sociedade da Zona Norte. E para nós do CPOR, o jornal é importante porque divulga as nossas ações”. 

Para o deputado estadual Coronel Telhada, “o Semanário é um jornal que há tempos vem se destacando na cidade de São Paulo. Um veiculo que traz não só noticias politicas e policiais mas a vida da cidade. Temos poucos veículos de comunicação impressos que fazem esse papel. Eu enquanto comandei a Rota fui apoiado pelo João Carlos  e sua equipe. Nós temos esse pleito de amizade e gratidão pelo trabalho de vocês e um grande orgulho por ter participado desse crescimento. Eu me sinto feliz por fazer parte deste grupo e feliz pelo sucesso que o jornal alcançou. Desejo sucesso e estabilidade e que a população da Zona Norte possui um veiculo que fala da região. Contem sempre conosco”. 

Para o subprefeito de Pirituba/Jaraguá, Ronaldo Ligieri, “o Semanário é um jornal que conseguiu se manter ao longo dos anos mesmo sendo local. Estou feliz por estar aqui hoje prestigiando o aniversário de 23 anos do jornal”.

Para o cel. PM Ruy Conegundes de Souza, ex-corregedor da Polícia Militar do Estado de São Paulo, “eu conheci o Semanário em 2010 quando fui promovido a coronel e desde então tenho acompanhado toda a trajetória da luta do João Carlos em divulgar as boas práticas pelas instituições. E quando tem algum problema na Zona Norte, tem o Boca na Corneta. Ele faz questão de sempre estar atento às coisas que acontecem aqui. O Semanário é a maior mídia regional. Então, é um jornal que tem muita importância principalmente em publicar matérias daquilo que há de melhor nas instituições. E para mim é uma grande satisfação estar aqui comemorando o aniversário de 23 anos do jornal”.

O cel. PM José Luiz Verardino  parabenizou toda a equipe do jornal pela representatividade na região e pelo aniversário. “Quero parabenizar o João Carlos e sua equipe. Acompanho o jornal desde 2000. O Semanário é excelente e tem sido distribuído à comunidade como forma de informação e até mesmo orientação. A equipe do jornal é composta por pessoas que nos fazem bem e que nós aprendemos a gostar”.

Para o chefe da Neurocirurgia do Hospital São Luiz, dr. Marcos Lopes “sou médico e desde a infância estudei nessa região. Torço para que tudo evolua e se estabeleça. Precisamos de uma imprensa livre, assim como o Semanário, um jornal verdadeiro e íntegro. E como diz o João Carlos, “sem rabo preso” por ninguém. A gente tem visto, principalmente nesta época pós Covid muita desigualdade social. E eu acho que a imprensa tem que se fortalecer cada vez mais, para que consigamos que isso se reverta. A base da família é a cooperação e a espiritualidade. Todo ser humano deveria passar quatro semanas num ambiente hospitalar para tentar pensar e julgar melhor, tomar medidas rápidas e se ver no lugar do outro.  Eu costumo dar o exemplo do ex-papa Ragster, um exemplo de ser humano e que renunciou o papado. Ele foi brilhante”.

Para o advogado Marco Antonio Leal Basques, “o Semanário é um veiculo muito contundente. Quero parabenizar o João Carlos e toda equipe pelos aniversário de 23 anos do jornal”.

Já para o advogado Renato Menezello, “conheço o jornal e o João há  anos. O Semanário tem uma capacidade de levar a informação até as pessoas da Zona Norte e também trazer para nós que não somos da região uma visão pujante. Eu adoro muito a coluna Boca na Corneta, onde ele cobra melhorias para a região”.  

Conheça um pouco mais da administração do prefeito Ricardo Nunes

JSZN: Qual a importância da revisão do Plano Diretor como alternativa para minimizar os efeitos da pobreza, agravados pela pandemia de coronavírus?

Prefeito Ricardo Nunes: A crise sanitária em decorrência da Covid-19 colocou à prova cidades de todo o mundo em várias dimensões. Para além dos efeitos imediatos e mais visíveis, sociais e econômicos, há uma dimensão urbana da pandemia que merece a atenção dos gestores públicos. O novo coronavírus tornou ainda mais urgente e necessário repensar a cidade do ponto de vista de sua organização e dinâmica urbana. Por isso, a Revisão do Plano Diretor é tão oportuna e tem tanto a contribuir para preparar a cidade para futuras crises sanitárias. A nova dinâmica econômica com o avanço do teletrabalho e o esvaziamento de determinadas áreas da cidade são alguns dos efeitos da pandemia que precisam ser debatidos. Uma cidade mais resiliente, sem dúvida, oferece melhores condições para quem vive, trabalha e empreende em São Paulo. Desenvolvimento econômico, moradia digna e acessível, saneamento básico são temas a serem tratados na Revisão.

JSZN: Uma das grandes preocupações da população é com relação ao descarte irregular de lixo. Como a Prefeitura tem lidado com esta questão?

Prefeito Ricardo Nunes: O número de pontos viciados na cidade de São Paulo diminuiu consideravelmente nos últimos anos. Em 2016 eram 4 mil e hoje são cerca de 1,2 mil pontos. A atuação permanente de limpeza urbana somada à ação das 32 Subprefeituras trouxe esse impacto positivo. Hoje a Capital tem 122 Ecopontos e outros 40 devem ser construídos nos próximos dois anos. 

JSZN: Como conscientizar a população do descarte irregular de lixo?

Prefeito Ricardo Nunes: As Subprefeituras intensificam a zeladoria nos pontos considerados viciados e realizam mutirões de revitalização nesses locais, retirando o lixo e entulho descartado, adicionando floreiras feitas de pneus reciclados, pintura do espaço e disponibilizando informativos de orientação à população sobre os Ecopontos para descartar materiais que não são recolhidos pelo Cata-Bagulho, serviço diário disponibilizado pela Secretaria Municipal das Subprefeituras, através de empresas contratadas. Além do Ecoponto, os entulhos com até 50 quilos podem ser deixados para a retirada pelas equipes de limpeza urbana, desde que estejam devidamente ensacados. A multa para infrações parte de R$ 18 mi e pode chegar a R$ 70 mil para o descarte em vias públicas.

JSZN: Qual a importância da parceria com os empresários para transformar os pontos viciados em paisagens diferenciadas? O que fazer?

Prefeito Ricardo Nunes: A questão não é a parceria com a iniciativa privada para a requalificação dos pontos viciados. A Prefeitura já transforma  esses locais em lugares com intervenções artísticas e de jardinagem. A questão é coletiva, é pedagógica, de não transformar nenhum canto da cidade em local de desova de móveis, de entulho, etc. Quando a população entrega para um caçambeiro irregular ela participa do problema. Quando a sociedade procura os serviços públicos como Cata-Bagulho, ou leva nos Ecopontos, ela faz parte da solução. Portanto, o que temos de buscar juntos é o apoio da população para que nenhuma área pública, exceto os Ecopontos, seja usada para o descarte daquilo que não nos serve mais.  Sobre as parcerias com empresários, elas estão em projetos como o Adote uma Praça, que incentiva a preservação de áreas verdes na Capital e melhora os espaços urbanos. São cerca de 850 praças já adotadas . Outras 4.500 praças e canteiros distribuídos pelas 32 Subprefeituras, estão disponíveis para adoção.

JSZN: Como está o andamento da construção de duas linhas de BRT (sistema de ônibus de trânsito rápido) previstas para serem entregues em 2024?

Prefeito Ricardo Nunes: O Plano de Mobilidade de São Paulo 2021-2024 prevê 27 obras e R$ 5,5 bilhões em investimentos. Destaques para BRT Radial Leste, novos corredores Chucri Zaidan e Itaquera e novos terminais de ônibus. Recentemente houve a aprovação do financiamento do BRT Aricanduva pelo Senado Federal.

JSZN: Uma das metas da sua gestão é a ampliação em 30% da malha cicloviária paulistana, elevando para perto de 1.000 o total de quilômetros de pistas e faixas para bicicletas. Como o Sr. analisa essa questão?

Prefeito Ricardo Nunes: O Plano Cicloviário faz parte da política de planejamento urbano da cidade e consolida o uso da bicicleta como meio de transporte de caráter inclusivo e universal. Tem por objetivo consolidar uma rede cicloviária abrangente, segura e integrada. O Plano visa promover a intermodalidade e a conexão com os principais equipamentos de transportes e serviços públicos, garantir a segurança do uso da bicicleta na malha viária da cidade e promover ações que incentivem o uso do modal de modo a expandi-lo e consolidá-lo na estrutura viária. A cidade de São Paulo já tem hoje a maior malha cicloviária do Brasil, com 699,2 km de extensão. Mas isso não quer dizer que não exista trabalho a ser feito. O número de pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte ou como instrumento de trabalho vem aumentando nos últimos anos e esse crescimento se intensificou muito no período de pandemia (principalmente em razão dos aplicativos de entrega). Por isso, é muito importante proporcionar mais segurança para quem pedala e o principal instrumento para alcançar esse objetivo é a criação de ciclovias e ciclofaixas. A ideia é construir uma rede que permita a intermodalidade (integrando a bicicleta com outros modais de transporte) e possibilitando o acesso dos ciclistas a pontos de interesse pela cidade e a equipamentos e serviços públicos. A nossa meta é implantar mais 300 km de estruturas cicloviárias até 2024. Destes, 157 km já foram definidos em conjunto com a sociedade, sendo que 48 km já estão em implantação. As novas estruturas foram discutidas em audiências públicas e apresentadas para a Câmara Temática de Bicicleta.

JSZN: Como as escolas da rede municipal estão reagindo com o retorno das aulas após a pandemia?

Prefeito Ricardo Nunes: A Secretaria Municipal de Educação se preparou e investiu para que as unidades retornassem ao ensino presencial através de obras e repasses por meio do Programa de Transferência de Recursos Financeiros (PTRF) para que as unidades escolares realizassem o necessário para o retorno seguro. Hoje, a rede já atende 100% de forma presencial, seguindo todos os protocolos de saúde e trabalhando para a recuperação das aprendizagens, que foram impactadas pela pandemia. Os estudantes a partir do 1º ano do Ensino Fundamental participam de atividades de recuperação paralela ou contínua, com planos desenvolvidos pelas unidades a partir dos resultados da Prova SP. Com o retorno presencial, muito do que foi perdido tem sido recuperado. Não só as aprendizagens, mas os relacionamentos, as interações, o contato com o próximo, que foi perdido durante o período de isolamento social. Um período necessário para a contenção da Covid-19, e que possibilitou que agora pudéssemos retomar as nossas atividades com o novo normal.

JSZN: Há planos e recursos para ampliar a conectividade das escolas e dos estudantes?

Prefeito Ricardo Nunes: Em relação à conectividade de internet, tema extremamente importante para o desenvolvimento dos estudantes, principalmente com este novo momento da Educação em que estamos vivendo, onde o uso da tecnologia está cada vez mais atrelado às novas ferramentas que auxiliam nas aprendizagens dos alunos, todas as escolas da rede possuem internet instalada, porém há lugares de residência dos estudantes com sinal de internet prejudicado. São cerca de 100 mil estudantes com problemas de sinal de internet em seus locais de moradia. Para reverter esse quadro, a Prefeitura trabalha para a ampliação do sinal de internet, inclusive com a Lei das Antenas, já sancionada, que garante a instalação de antenas em áreas periféricas pelas operadoras. Além disso, a cidade de São Paulo conta com a ampliação da instalação de wi-fi nos espaços públicos, que também contribuirá com as atividades das escolas e beneficiará os estudantes da rede.

JSZN: Como a Prefeitura vê o transporte público na cidade de São Paulo?

Prefeito Ricardo Nunes: O transporte de São Paulo tem a maior frota de transporte sobre pneus da América Latina. Hoje, o sistema conta com uma frota nova e a Prefeitura trabalha para que a cidade receba infraestrutura para que estes veículos circulem por faixas exclusivas, priorizando a circulação do maior número de pessoas com qualidade, conforto e regularidade. A cidade conta com uma frota operacional de 11.933 coletivos, dos quais 81% possuem ar-condicionado; 84% estão equipados com USB e 44% com conexão de internet por wi-fi. Todos os ônibus que entram em operação devem ser equipados com ar-condicionado e, assim, a frota está sendo substituída gradativamente por modelos que contam com o sistema de refrigeração. De 1° de janeiro de 2021 a 3 de maio de 2022, foram incluídos no sistema 1.683 veículos zero quilômetro. Além disso, toda a frota de ônibus circula com um tipo de diesel menos poluente - uma mistura 90% diesel S10 (menor teor de enxofre) e 10% biodiesel (B10). Atualmente, 99% da frota está equipada com motor Euro V, com sistema de filtragem que reduz a emissão de poluentes. Atualmente, há no sistema 220 ônibus elétricos, sendo 201 trólebus e 19 elétricos a bateria, sendo um em testes. O uso de veículos de tração elétrica (trólebus + elétricos a bateria), proporcionam a redução de aproximadamente 20 mil toneladas/ano de CO2. O Programa de Metas da Prefeitura prevê que 20% da frota seja composta por ônibus elétricos até o fim de 2024, como parte das ações municipais para cumprimento da Lei de Mudanças Climáticas, que prevê a redução da emissão de gás carbônico fóssil em 50% até 2028 e a erradicação deste tipo de poluente até 2038.

JSZN: A Prefeitura possui algum programa destinado aos idosos?

Prefeito Ricardo Nunes: A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social oferta uma ampla rede de serviços à população idosa, destacando-se os serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, Núcleos de Convivência do Idoso (NCI), Centros de Convivência Intergeracionais (CCINTER) e Centros Dia para Idosos (CDI), assim como os serviços de acolhimento específicos para este público - Centro de Acolhida Especial para Idosos (CAE-Idosos) e Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI).

JSZN: A população em situação de rua cresceu 31% nos últimos dois anos em São Paulo e os centros de acolhidas estão superlotados. Como resolver este problema?

Prefeito Ricardo Nunes: Estamos ampliando as vagas e diversificando o tipo de atendimento que oferecemos à população de rua. Além da readequação dos Centros de Acolhida, estamos ampliando vagas em hotéis, as vagas para famílias e instituindo uma política de Housing First (moradia primeiro) para a população em situação de rua, com apartamentos de 18 metros quadrados..

JSZN: Como a Prefeitura pode incentivar a população a praticar esportes e atividade física? Existe algum programa da Prefeitura?

Prefeito Ricardo Nunes: Por meio de programas, projetos de políticas públicas de Esportes e Lazer, além de programas de fomento à prática esportiva e de lazer. Entre eles, cito o Programa Clube Escola, a Virada Esportiva, Jogos da Cidade; Programa Vem Dançar, Jogos da Cidade, Taça Cidade de São Paulo, Circuito Esportivo, Ruas de Lazer, Ruas Abertas, Jogos Municipais do Idoso e Jogos LGBTQIAP+.

JSZN: Como o Sr. analisa a mobilidade urbana na cidade de São Paulo?

Prefeito Ricardo Nunes: A Prefeitura de São Paulo tem como prioridade aprimorar o transporte público na cidade e tem em seu Programa de Metas 2021/2024 diversos projetos que vão conferir maior eficiência ao sistema e contribuir para a redução do tempo de viagem. Estão previstos, por exemplo, a implantação do BRT Aricanduva e do BRT Radial Leste, 40 km de novos corredores, 50 km de faixas exclusivas de ônibus, quatro novos terminais e a ampliação em 420 quilômetros da extensão de vias atendidas pelo sistema de ônibus municipal, além da entrega de novos veículos à frota municipal.

JSZN: Qual será o maior desafio para enfrentar os loteamentos irregulares e desmatamentos  na cidade de São Paulo em especial no entorno da Guarapiranga e Billings, considerando que essa luta já se tornou histórica e aparentemente o Município foi vencido?

Prefeito Ricardo Nunes: Essa é uma questão de natureza múltipla:  fundiária, tributária, social, ambiental e criminológica. Nesse sentido, jamais foi resolvido por ter sido tratado de forma parcial por sucessivas gestões públicas parcialmente comprometidas com a questão. O maior desafio, portanto, é exercer uma abordagem estratégica sobre o conflito, mantendo o foco em dois objetivos: 1- a garantia da segurança hídrica para milhões de habitantes; e 2- a redefinição do regime de uso do solo com base na realidade.

JSZN: Qual o papel da Secretaria Executiva de Mudanças Climáticas?

Prefeito Ricardo Nunes: São Paulo é uma das quatro únicas organizações de governo do continente americano a manter uma secretaria de Mudanças Climáticas. As outras são o Governo dos EUA, a Província de Misiones (Argentina) e a Prefeitura de Niterói. Nesse sentido, o Prefeito conferiu à SECLIMA o exercício da Autoridade Hídrica no Município, transferindo a ela, além das atribuições de implementar a Política Municipal de Segurança Hídrica, a coordenação geral da Operação Integrada de Defesa das Águas, pelo gabinete do Prefeito, em conjunto com o Governo do Estado de São Paulo.

JSZN: As Subprefeituras estão aparelhadas para efetivamente atuar na área de meio ambiente e efetivar os planos relacionados às políticas públicas estabelecidas pela Secretaria Mudanças Climáticas?

Prefeito Ricardo Nunes: A Prefeitura alocou uma verba determinada à Secretaria Municipal das Subprefeituras, para atender à mobilização das equipes de desfazimento e apreensão de material nas operações da OIDA (Operação Integrada de Defesa das Águas). Também melhorou os ganhos de diária da GCM para atender à fiscalização na área e pretende manter um grupo de pronta resposta mobilizado sob coordenação da SECLIMA, para atender às demandas operacionais. Por outro lado,  o gabinete organizou uma Secretaria de Mananciais na Secretaria Municipal de Habitação, visando melhor atender à demanda por realocação de população e realização das metas habitacionais na região.

JSZN: Como anda a parceria com a Policia Militar Ambiental? Há troca de informações, integração de meios e recursos?

Prefeito Ricardo Nunes: A SECLIMA tem estimulado a integração dos organismos de implementação da lei ambiental, seja formatando as operações com a Polícia Militar e GCM Ambiental, seja incluindo na articulação o Ministério Público do Estado e a Polícia Civil. Em verdade, há plena consciência que se está, hoje, tratando de um fenômeno que já ultrapassou a demanda social para se transformar em especulação imobiliária criminosa e comandada por quadrilhas organizadas.

JSZN: Recentemente, a Prefeitura lançou o Programa Pode Entrar. Fale um pouco sobre este projeto.

Prefeito Ricardo Nunes: O Programa Pode Entrar foi criado com o objetivo de diminuir o déficit habitacional na cidade, permitindo ao município impulsionar a habitação com a construção de empreendimentos habitacionais de interesse social, a requalificação de imóveis urbanos e aquisição de unidades habitacionais da iniciativa privada, para famílias de baixa renda da capital.

JSZN: Como resolver o problema da segurança urbana na cidade de São Paulo?

Prefeito Ricardo Nunes: Segurança Urbana é muito voltada à prevenção. Logo, é a implementação de políticas públicas transversais. É a segurança planejada multidisciplinarmente demandando atuação conjunta das diferentes esferas do poder público.

Quem é Ricardo Nunes

Ricardo Luís Reis Nunes é empresário, casado com Regina, pai da Mayara, Ricardinho e Isabela. E agora avô do Ricardinho Neto. Foi vereador por oito anos na Câmara Municipal de São Paulo e sempre atuou como fiscalizador do dinheiro público e por mais melhorias na área do empreendedorismo atendendo diretamente as necessidades dos comerciantes como licença de funcionamento. Ainda com olhar voltado para o social, para educação e em defesa da família.

Como exemplo, foram suas atuações nas CPIs do Theatro Municipal em que identificou desvio de R$ 15 milhões dos cofres públicos; CPI da Dívida Ativa e a CPI da Sonegação Tributária onde recuperou R$ 5 bilhões para os cofres públicos devolvendo a população através de melhorias na cidade.

“Trabalhar como vereador de São Paulo por dois mandatos me possibilitou conhecer muito bem a cidade e também entender muito bem os problemas. São Paulo é uma cidade  gigantesca.  O aprendizado é constante. Tenho trabalhado 15, 16 horas para entregar para a população exatamente o que ela espera: trabalho, resultados e mais qualidade de vida. A Prefeitura tem um time comprometido, motivado e com muita vontade de entregar o seu melhor”.

Qual maior desafio de sua gestão?

É um desafio muito grande substituir alguém insubstituível. E penso nisso todos os dias, mas governar a maior cidade da América Latina para os 12 milhões de habitantes, com muita dedicação, será também para honrar a memória dele, o governo que é dele, com redução da desigualdade. Esse era e continuará sendo o nosso compromisso.

Comentários:

+ Lidas

Nossas notícias no celular

Receba as notícias do Semanário ZN no seu app favorito de mensagens.

Telegram
Whatsapp
Entrar
Anunciante 039

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!