SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

Notícias Coluna Social

Recebemos do leitor Antonio de Paula Oliveira o seguinte e-mail

Mandaqui faz aniversário, alguns pedidos pertinentes:

Recebemos do leitor Antonio de Paula Oliveira o seguinte e-mail
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Mandaqui faz aniversário, alguns pedidos pertinentes:

1 - Ainda não foram implantadas faixas exclusivas para ônibus na rua Voluntários da Pátria, Avenida Santa Inês, Avenida Parada Pinto  e Rua Conselheiro Moreira de Barros, por que?;

2 - As varrições de rua, segundo os órgãos oficiais, são de segundas e quintas-feiras, são tão mal feitas, cada vez que se reclama, tem uma resposta bem indigesta: ‘ estiveram no local, não encontraram nenhuma irregularidade’, será? Aqueles sacos amarelos rolam dias para lá e para cá, a varrição parece que é feita em partes (varre uma parte da rua, e semanas depois varrem outra parte, é assim  em diversas ruas), um serviço precário sem nenhuma fiscalização!;

3 – Porque a Avenida Direitos Humanos é tão maltratada? Não há arborização,  iluminação adequada que possa contribuir para a segurança dos pedestres;

4 - A  linha de lotação 178 Y (circula por diversas ruas do bairro) requer mais atenção, aumentando o  nº. de veículos, está na hora de começar a pensar numa  alternativa que atenda as necessidades dos moradores do Mandaqui para se chegar ao metro Jardim São Paulo ou Parada Inglesa;

5 – Necessidade de melhorar as linhas 1757 Santana Conjuntos dos Bancários e 1756 Santana Pedra Branca,   únicas linhas  que passam em frente ao CRI (Centro de Referencia do Idoso) e farmácia do Hospital Mandaqui; 

6 – Hospital do Mandaqui: um complexo imenso, porém interessa a quem manter este hospital sempre em coma, falta leitos (pacientes aguardam em cadeiras de rodas, sim , para serem internados), falta  médicos,  longas horas de espera para ser atendido(quando consegue) no Pronto Socorro, melhor atendimento na recepção, acolhimento para quem está doente e precisa ser atendido, banheiros sujos, sempre com vazamento e ninguém vê, ratos passeiam livremente pelo local,  enfim os gestores do hospital atendem os interesses de quem? Tem ‘seguranças(totalmente despreparados, assim como a recepção)  demais e atendimento de menos;

7- A pista de caminhada da Avenida Engenheiro Caetano Álvares, em vez de priorizar pedestres, se prioriza o passeio de cachorros sem focinheiras, deixando suas fezes espalhadas por toda a via. Todo mundo reclama, mas ninguém faz nada para resolver r essa situação horrível: fezes espalhadas por todos os lados e donos de animais fingem que não tem nada a ver com isso! Não é um caso de saúde pública?

8- Na altura do nº 300 da Av. Santa Inês (próximo à agencia dos Correios) é impossível usar a calçada,  além de estreita, está sempre inviabilizada com carros. A CET não vê isso?

9 - Na Rua Voluntária da Pátria entre os n. 2.400 a 2.900 e 4.300 a 4.800, as calçadas são íngremes, esburacadas ,  nem nenhuma preocupação com acessibilidade;

10 - Na Rua General Nestor Passos, há um local conhecido como ‘barrancão’, não é possível gramar o local melhorando o visual? Tem um ponto de ônibus, sentido bairro, pura terra, ou barro, quando chove. Também se faz necessário instalar muitas placas grandes, de visibilidade tanto na parte superior, como inferior deste barrancão ‘proibindo jogar lixo’ por se tratar de ‘ponto viciado de lixo e oferenda;

 11 - Já faz algum tempo que  há infestação de pombos nas ruas Padre Roser e General Nestor Passos, cenas nojentas, sabe-se que moradores alimentam esses ‘ratos voadores’ e não há como tirá-los de cena. Cadê a Vigilância Sanitária? A Subprefeitura não é capaz de agir diante de tamanho maleficio a população?

12 - Ruas que necessitam de instalação  de postes com lâmpadas ou as lâmpadas queimadas: Ruas Padre Roser,  General Nestor Passos, Luiz Zaminhof, Ângelo Ricciuti, Meirelles Reis, Cosme da Costa, Eng. Buf. Jose Gardelli, Francisco Gomes, Andre Domingues, Prof. Valerio Giulli, Camaraje;

13 - Av. Engenheiro Caetano  Alvares, do nº  4.700 ate o final da  avenida requer a instalação de postes com lâmpadas;

14 - Essas mesmas ruas, incluindo a  Av. Engenheiro Caetano  Alvares, são alvo de assaltos talvez até por conta da escuridão, portanto, também se faz necessária a presença da Polícia Militar na região;

O bairro é ótimo para se morar, tem tudo por perto, mas precisa de maior atenção da Prefeitura, já que  não somos isentos de pagar o guloso IPTU. Para festejar é de bom tom a viabilização de  ações concretas como as acima citadas.

O contribuinte agradece! 

Antonio de Paula Oliveira

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!