SEMANÁRIO ZONA NORTE - JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE

BOCA NA CORNETA - Cidadãos paulistanos, aqui nós não temos buracos... temos COVAS!

Alô...Alô... Alô!!!

Cidadãos paulistanos,

aqui nós não temos

buracos...

temos COVAS!

...Enquanto isso, estamos à procura da autoridade

responsável pela Subprefeitura de Santana/Tucuruvi...

 

 ESPAÇO DO LEITOR

 

Recebemos de um dos nossos leitores o seguinte e-mail:

Bom dia à equipe do Semanário da Zona Norte

Motivado pela reportagem sobre excesso de barulho na edição do dia 8 de março de 2019 (Av. Deputado Emílio Carlos, 2.584), gostaria de sugerir uma pauta relacionada a um problema da mesma natureza.

Moro na rua Dr. Gabriel Piza, perto do Terminal de ônibus Santana e do bingo clandestino em que houve tiroteio e dois mortos no dia 24 de março, fato este amplamente divulgado nos noticiários desta semana.

Nesta rua, entre a Igreja Racionalismo Cristão e a esquina do bingo, há estabelecimentos que funcionam de madrugada, tocam música, reunindo prostitutas, usuários de drogas e pessoas suspeitas.

O Point Bar (rua Dr. Gabriel Piza, 312-B) nunca respeitou a lei de fechamento de bares à 1h. Já foi denunciado várias vezes nestes últimos anos e possivelmente possui algum tipo de “liminar” para explicar a conivência da Prefeitura (da mesma forma, no final da reportagem da Globo a respeito do bingo, foi dito que eles tinham uma “liminar” para funcionar https://globoplay.globo.com/v/7483751/).

Quase ao lado, no número 300, funciona uma casa de prostituição e perto da esquina, recentemente está em funcionamento um bilhar no número 282, sobreloja.

Costuma haver mais algazarra e música depois das duas horas, após o fechamento dos bares dos arredores, inclusive nos dias de semana. Há gritarias das prostitutas e clientes, música vindo destes estabelecimentos e também de automóveis.

Obs.: Também lamento muito a saída da Delegada Rose do comando da subprefeitura de Santana.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

BOCA NA CORNETA - Cidadãos paulistanos, aqui nós não temos buracos... temos COVAS!

Alô...Alô... Alô!!!

Cidadãos paulistanos,

aqui nós não temos

buracos...

temos COVAS!

...Enquanto isso, estamos à procura da autoridade

responsável pela Subprefeitura de Santana/Tucuruvi...

 

 ESPAÇO DO LEITOR

 

Recebemos de um dos nossos leitores o seguinte e-mail:

Bom dia à equipe do Semanário da Zona Norte

Motivado pela reportagem sobre excesso de barulho na edição do dia 8 de março de 2019 (Av. Deputado Emílio Carlos, 2.584), gostaria de sugerir uma pauta relacionada a um problema da mesma natureza.

Moro na rua Dr. Gabriel Piza, perto do Terminal de ônibus Santana e do bingo clandestino em que houve tiroteio e dois mortos no dia 24 de março, fato este amplamente divulgado nos noticiários desta semana.

Nesta rua, entre a Igreja Racionalismo Cristão e a esquina do bingo, há estabelecimentos que funcionam de madrugada, tocam música, reunindo prostitutas, usuários de drogas e pessoas suspeitas.

O Point Bar (rua Dr. Gabriel Piza, 312-B) nunca respeitou a lei de fechamento de bares à 1h. Já foi denunciado várias vezes nestes últimos anos e possivelmente possui algum tipo de “liminar” para explicar a conivência da Prefeitura (da mesma forma, no final da reportagem da Globo a respeito do bingo, foi dito que eles tinham uma “liminar” para funcionar https://globoplay.globo.com/v/7483751/).

Quase ao lado, no número 300, funciona uma casa de prostituição e perto da esquina, recentemente está em funcionamento um bilhar no número 282, sobreloja.

Costuma haver mais algazarra e música depois das duas horas, após o fechamento dos bares dos arredores, inclusive nos dias de semana. Há gritarias das prostitutas e clientes, música vindo destes estabelecimentos e também de automóveis.

Obs.: Também lamento muito a saída da Delegada Rose do comando da subprefeitura de Santana.

Publicidade